quinta-feira, 16 de outubro de 2014

BOMTEMPO TENTA ENCONTRAR UM BARCO DEPOIS QUE SUA CANOA FUROU NAS ELEIÇÕES 2014


MINHA OPINIÃO: Cicatrizadas as feridas pela derrota de Marina Silva candidata a presidência e Lindberg Farias candidato ao Governo do Estado o PSB de Petrópolis, na noite de terça-feira no Bogary Clube, declarou seu apoio à reeleição, do governador Luiz Fernando Pezão e ao candidato tucano para presidente, Aécio Neves sem a presença de nenhum dos candidatos.  

            O quinto vice-presidente nacional do PSB e presidente de honra do partido na cidade, prefeito Rubens Bomtempo, acompanhado da esposa, Luciane Bomtempo, enfrentou o constrangimento de comandar um evento sem as principais lideranças do PMDB local. Nos bastidores, comenta-se que o apoio do prefeito que teve seus três candidatos a deputado federal reprovados nas urnas e também um estadual com votações de pouca expressão não foi recebido com grande entusiasmo após a consolidação de Bernardo Rossi como a principal esperança do partido de chegar ao poder na cidade em 2016 após a maior votação da história para um deputado estadual e a proximidade da disputa pelo legislativo onde PMDB e PSB tem boas chances de estar em lados opostos.

Rossi também é a principal liderança do senador e candidato a presidência Aécio Neves na cidade, talvez isso explique alguma coisa. 

No seu discurso, o prefeito Rubens Bomtempo voltou a criticar o governo petista, tanto a nível federal quanto municipal, o que Bomtempo esqueceu de dizer foi que o Partido dos Trabalhadores participou do seu governo inclusive indicando seu vice no primeiro mandato, no segundo indicando Paulo Mustrangi como secretário e na disputa pelo Governo do Estado Bomtempo apoiou  o senador petista Lindberg Farias no primeiro turno, o mesmo que veio a Petrópolis abraçar o socialista no segundo turno das eleições que saiu vitorioso, mas não fique surpreso, eu também já acreditei nesse discurso e no próprio Bomtempo.



Nenhum comentário: