sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Governo Bomtempo foge do debate e profissionais da Educação de Petrópolis, entram em greve


Em assembléia realizada no início da noite desta quinta-feira (4), em frente à Câmara Municipal de Petrópolis,  os profissionais da Educação decidiram que  a categoria estará em greve, por tempo indeterminado, a partir desta sexta-feira (5).

A diretora do  Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) , Rose da Silveira, considerou a atitude do governo municipal de apresentar uma liminar para não participar da audiência pública convocada para hoje pela Câmara Municipal para discutir os questionamento da área de Educação, como uma “atitude covarde”.


A categoria vai encaminhar um ofício à Prefeitura solicitando uma nova reunião. Segundo Rose Silveira, a categoria continua aberta à negociação. Segundo o sindicato, cerca de 500 profissionais da Educação participaram da assembleia e votaram, por unanimidade, pela greve da categoria.

Em nota, a Procuradoria Geral do Município disse que " vai recorrer à justiça para garantir os direitos dos alunos e pais que podem ser prejudicados com a decretação da greve." 

Durante a tarde, a justiça acatou pedido do governo, para que a presença de representantes do município na audiência pública realizada na Câmara de Vereadores fosse facultativa.

Quero fazer um apelo aos servidores de todo coração: Não tenham medo do governo meus amigos e amigas, guerreiros da educação, lutem pelos seus direitos e pela manutenção de suas conquistas, juntos ninguém vai derrota-los! Contem sempre com o meu apoio e amizade. 

Nenhum comentário: