Justiça determina importação de remédio para tratar doença rara em Petrópolis



A Justiça determinou, em liminar, que a União, o Estado do Rio de Janeiro e o Município de Petrópolis providenciem, em até 30 dias, a importação do medicamento hematina, usado no tratamento de doença genética rara conhecida como Porfiria Intermitente Aguda. Para cada paciente diagnosticado com a doença, deverá ser disponibilizada, emergencialmente, uma caixa, com 12 ampolas, do medicamento. Em caso de descumprimento, será aplicada multa de R$ 20 mil, além de R$ 2 mil por dia de atraso.

Comentários