Vereadora comemora conquista das pessoas com deficiência em Petrópolis



Enviado pela vereadora Gilda Beatriz: Dirijo-me à vocês para o devido esclarecimento sobre  a minha atuação  na  implementação e sobretudo, respeito a nossa legislação municipal às leis de nosso município, no que se refere a oferta do serviço de aulas práticas de habilitação para pessoas com deficiência que desejem retirar sua CNH. 

Dentre as lutas que venho empreendendo  pelo efetivo gozo  dos  direitos da pessoa com deficiência na sociedade, essa conquista tem verdadeiro sabor de vitória, pois foi  um processo que levou meses, dispendeu vários esforços,  e encontrou  ( pasmem!) muita resistência. Até agora, a pessoa com deficiência, com possibilidade de conduzir veículo, que quisesse  tirar o seu documento, deveria fazer as aulas práticas no Rio de Janeiro, pois em Petrópolis não há carros adaptados porque a maioria das autoescolas diz não haver procura. 

Bem, a sequência das atitudes que tomei é a seguinte: em primeiro lugar,  apresentei  projeto de lei alterando determinação legal já existente com relação a carros adaptados  em auto escolas,  com a edição da Lei 7.128/2013. Essa Lei trouxe mudanças significativas para a efetivação do serviço.   Em seguida, convidei os proprietários da auto escolas de nossa cidade  para discutirmos  a aplicação da nova Lei, mas não  tivemos êxito.   Por conta de minha atuação nesse assunto, fui convidada pelo  Ministério Público a participar de inquérito civil já instaurado,  fizemos reuniões e mais uma vez a resistência por parte das autoescolas foi grande. 

Resolvi partir então para esclarecimentos com o Detran/RJ para saber que rumo poderíamos dar. Nesse ínterim, o proprietário da autoescola Serra Verde, Sr. Marco Antonio do Carmo Neto, me procurou e contrariando as expectativas, disse que há procura sim, para pessoas com deficiência tirar a CNH e que ele gostaria de ser o pioneiro em Petrópolis nesse serviço. Contatei o  Deputado Bernardo Rossi que agendou uma reunião no Detran no Rio com a diretora Janete Bloise e participamos eu, o Sr. Marco Antonio e o próprio deputado do encontro que definiu que em Petrópolis, além do serviço das aulas práticas,  o Detran também realizará as provas práticas, pois enviará avaliador com especialização para pessoas com deficiência. Na verdade, conseguimos duas vitórias, pois além  das aulas práticas, teremos também as provas do  Detran  aqui, que até então não aconteciam.