Bomtempo presta contas das últimas ações da prefeitura no Comcidade



O prefeito Rubens Bomtempo participou, na noite de segunda-feira (2), da reunião do Conselho Municipal da Cidade (Comcidade). Ele prestou contas da Prefeitura e falou sobre as últimas ações de sua gestão, como a integração de 100% das linhas de ônibus, a realização da 25ª Exposição Agropecuária, a assinatura com a Caixa Econômica Federal do PAC da Mobilidade Urbana, asfaltamento de ruas, entre outras medidas. Ao fim da reunião, foi apresentada a minuta do Plano Municipal de Saneamento Básico referente à água e ao esgoto – o documento passará por audiências públicas, oficinas e consultas na internet antes de a Prefeitura chegar à redação final, em agosto.

Bomtempo também deu esclarecimentos sobre o andamento das obras do PAC da Estrada da Saudade – ele irá nesta semana à Brasília cobrar rapidez na liberação dos recursos federais. No Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, o prefeito explicou que as obras estão em andamento para o aumento de sete para dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No Hospital Alcides Carneiro (HAC), os investimentos na unidade começaram pela parte externa.

No encontro, membros da sociedade puderam tirar dúvidas sobre as ações do governo e levar ao prefeito sugestões e pedidos da comunidade. Mais de 30 pessoas estavam na reunião. O fortalecimento dos conselhos municipais é uma meta constante do governo Bomtempo. Como ele afirmou, são espaços onde é garantida a participação popular.

- Com a presença maciça da sociedade nos conselhos, Petrópolis poderá passar de uma democracia representativa para uma democracia participativa. Eu gostaria muito de participar das reuniões de todos os conselhos, mas, por causa da minha agenda, é impossível - disse Bomtempo.

O prefeito pediu que os conselheiros municipais ajudassem a CPTrans a aperfeiçoar a integração das linhas de ônibus. Bomtempo solicitou que possíveis falhas na integração sejam comunicadas pelos representantes da sociedade civil à CPTrans pelo 156. Uma conselheira citou um caso, e o prefeito determinou que o presidente da companhia, Gilmar Oliveira, apure

a falha. A proposta é que poder público e comunidades garantam, juntos, o pleno funcionamento do sistema de ônibus 100% integrado, conquistado pelos petropolitanos em abril.

Comentários