Posse de casas para moradores de Vila Rica e Comunidade do Alemão


A Companhia Estadual de Habitação (Cehab) fez a entrega na noite da última segunda-feira (26) dos títulos definitivos de posse de 68 famílias do conjunto Santa Edwiges, em Vila Rica, Pedro do Rio. No total, a comunidade já teve regularizada quase 400 unidades, processo executado por indicação do deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) junto à Secretaria de estado de Habitação, a qual a Cehab é subordinada. No sábado (24.05), em ação do Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio (Iterj), também vinculado à habitação estadual, a Comunidade do Alemão iniciou as reuniões preparatórias para a entrega dos títulos de posse a 700 famílias.

“É um momento de muita satisfação testemunhar famílias recebendo a posse definitiva de suas casas. Esse processo nunca andou em governos anteriores e a atual administração estadual retomou com Iterj e Cehab que tem feito um trabalho ímpar em Petrópolis que soma quatro mil famílias e mais de 25 mil pessoas”, aponta Bernardo Rossi.

A entrega dos documentos foi feita pela diretora de Operações Imobiliárias da Cehab, Maria Aparecida Silveira Boaventura. “Além da entrega de hoje conseguimos reunir mais 22 moradores e vamos voltar na segunda-feira para uma visita a cada uma das famílias, recolher documentos e também incluí-los no processo. Nossa meta é chegar à totalidade das casas”, anunciou.

Em Vila Rica, os moradores adquiriram as moradias junto à Sehab pelo Sistema Financeiro de Habitação. Os financiamentos iniciaram na década de 90 quando cerca de 700 casas ficaram prontas. Maria Luiza Runmayor, enfermeira, 56 anos, residindo na comunidade desde 1991, recebeu o documento que permite a confecção da escritura de sua casa. “É uma segurança financeira”, define. Gilnorberto Albuquerque, 71 anos, que reside no há 26 anos e é presidente da Associação de Moradores, também está participando do processo de regularização de seu imóvel, já quitado. “O processo foi feito com muita atenção e carinho com os moradores com a equipe recolhendo documentos, tirando dúvidas e ajudando no trâmite feito todo no Rio”, elogiou.

Na Comunidade do Alemão, Bernardo Rossi esteve acompanhado pelo deputado estadual Leonardo Picciani que iniciou, como secretário estadual de Habitação, há três anos, o processo de regularização dos imóveis pelo Iterj em Petrópolis. “É um trabalho extenso em todo o Estado que estima chegar ao final de 2014 com 66 mil imóveis regularizados em vários municípios fluminenses”, aponta.

Os moradores do Alemão estão sendo reunidos pela equipe do Iterj em reuniões para avaliação documental. A fase de análise da segurança dos terrenos – os títulos só são concedidos para imóveis erguidos em áreas seguras – já foi encerrada. A possibilidade de comprovação de residência facilita o acesso ao emprego formal e a conquista de incentivos formais e alvará para microempresa. Com o documento, os moradores podem regularizar contas de luz, água, telefone, tornando os serviços mais confiáveis. Fica mais fácil garantir avanços e cobrar das concessionárias melhorias nos serviços.

Comentários