quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Central de monitoramento vai ficar no Centro de Cultura



A nova central integrada de monitoramento da cidade vai ficar no Centro de Cultura Raul de Leoni. O espaço começa a ser preparado na semana que vem, com a transferência do setor administrativo para o andar térreo do local. A central vai contar com cerca de 90 m² e vai contar com o trabalho conjunto das forças de segurança (Guarda Civil, Polícia Militar e Polícia Civil), da CPTrans, da Defesa Civil e dos bombeiros. Ao mesmo tempo, o Centro de Cultura vai passar a contar com mais uma galeria, essa dedicada às artes plásticas.

A área onde ficará a central terá também alojamentos, uma cozinha e um gabinete para gestão de crises. A sala ganhar adaptações na parte elétrica, instalação de monitores, colocação de mobiliário (mesas e cadeiras), pintura, entre outros detalhes.

“A central terá o trabalho integrado das forças de segurança e outros órgãos, que estarão reunidos e poderão dar o pronto atendimento às ocorrências”, afirmou o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP).

O número de câmeras ainda não foi fechado, mas vão monitorar 45 pontos além daqueles já vigiados atualmente. Os equipamentos serão adquiridos com recursos de uma emenda parlamentarda deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) ao orçamento da União em 2015 no valor de R$ 500 mil que foi recuperada pelo prefeito Bernardo Rossi após não ter sido usada no governo passado. A verba já foi utilizada, por exemplo, para adquirir 3,5 mil metros de cabos de fibra óptica.

“As câmeras terão tecnologia de reconhecimento placas de carro, software moderno que reconhece cores. Elas vão ficar posicionadas do Quitandinha e Bingen até Posse, em locais já mapeados pela SSOP, pela PM e pela Polícia Civil”, explica o comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni. 

Atualmente, a cidade conta com 20 câmeras em duas centrais, uma na Guarda e outra na CPTrans. Os equipamentos foram reativados em abril pela Guarda, após mais de seis desligadas por problemas na transmissão das imagens via rádio – reparo que não foi providenciado na gestão anterior. Além disso, o monitoramento foi acrescido na cidade esse ano com o início da operação do ônibus de videomonitoramento, que possui sete câmeras, e do posto fixo da Praça da Liberdade, que tem quatro.
O espaço onde ficará a central integrada foi cedido pelo próprio presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esporte (IMCE), Leonardo Randolfo, que ressalta a importância desse equipamento para a cidade. 

“Petrópolis ganha mais segurança e, com essa reorganização das salas que estamos fazendo aqui no Centro de Cultura, vamos poder ampliar o espaço da cultura com inauguração de uma galeria voltada ao trabalho dos artistas plásticos da nossa cidade”, disse Randolfo.
Leia mais...

Thiago França Pereira, de 12 anos, está desaparecido desde o último dia 7 de agosto



Fonte: Diário de Petrópolis - Thiago França Pereira, de 12 anos, está desaparecido desde o último dia 7 de agosto. De acordo com a família, o menino teria fugido durante a aula na Escola Municipal Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade. Com problemas psiquiátricos, o garoto havia entrado na instituição por volta das 10h, e uma hora depois já não estava mais no local. Essa é a quarta vez que a criança desaparece. O caso está registrado na 105º DP, no Retiro.

Familiares e amigos estão colando cartazes e divulgando a foto do menino nas redes sociais. Quem souber sobre o paradeiro da criança, pode estar ligando para os telefones (24) 98844-4096 ou (24) 98833-7153
Leia mais...

Frente fria derruba termômetros e traz chuva para Petrópolis



Uma frente fria que passa pelo continente vai reforçar a umidade atmosférica na região Sudeste do país, provocando chuva nesta quinta-feira, principalmente em áreas serranas. Em Petrópolis a previsão é de chuva a qualquer hora do dia, com acumulado previsto entre 10 e 15 milímetros. A expectativa é de que essa chuva possa chegar aos distritos, área onde não há registro de acumulado significativo desde o mês de maio. 

A temperatura cai nessas regiões, mas no Centro da cidade não reduz muito: mínima de 13ºC e máxima de 18ºC. O que deve aumentar é a sensação de frio por conta da chuva e do vento. Na sexta-feira a umidade continua, mas a chuva diminui um pouco. O sol só deve voltar a aparecer no sábado, mas ainda assim há chance de chuva no domingo. Os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia, o Inmet.  

Fonte: PetroNews
Leia mais...

Prefeitura convocará 82 concursados da Educação a partir da próxima semana



Os 82 profissionais que passaram no concurso da Secretaria de Educação em 2015 serão convocados para apresentar os documentos na Secretaria de Administração. A convocação será feita em duas etapas. Por ordem de classificação, 41 concursados serão chamados a partir da publicação dos nomes no Diário Oficial, prevista para ocorrer na próxima semana. Após o atendimento desses 41 profissionais na Secretaria de Administração, os outros 41 restantes também serão convocados.
A expectativa é de que em um mês e meio todos os 82 apresentem os documentos necessários. O anúncio foi feito nessa terça-feira (15.08) durante uma reunião com parte dos concursados na Casa dos Conselhos.

“Essa é a celebração do compromisso do prefeito com os servidores e com os sindicatos. Acredito que em um pouco mais de um mês tudo esteja acertado”, disse o secretário de Administração Marcus von Seehausen.

“Essa é uma ótima notícia para os concursados que estavam à espera da convocação, mas também é boa para a rede municipal e para a cidade. São 82 novos postos de emprego. Temos muitos casos de licenças na rede municipal e a chegada de novos servidores é muito importante”, explicou o secretário de Educação, Anderson Juliano.

A diretora do Sindicato Estadual dos Professores (Sepe), Rose Silveira, disse que o sindicato poderá ajudar os concursados no que diz respeito à separação dos documentos. “Podemos dar esse suporte para quem tiver dúvidas. Espero que tudo ocorra da melhor forma possível”, explicou.

A notícia foi comemorada pelos concursados. “Estou muito feliz. Há mais de dois anos esperava por esse momento. Hoje acredito que realmente isso vai acontecer”, disse Rafaela Neves.

“Estava ansiosa. Sabíamos que o novo governo recebeu a prefeitura completamente sucateada e tínhamos medo desse momento não chegar. Graças a Deus estamos comemorando essa vitória”, contou Márcia Garcia.

Dos 82 concursados que serão convocados, 60 são professores. O concurso realizado em janeiro de 2015 foi para o preenchimento de 204 vagas para candidatos de nível médio e superior. Na ocasião foram disponibilizadas 15 vagas para cuidador escolar, sete para interprete de libras, 150 para professores de educação básica/anos iniciais, 30 para professores de matemática e dois para instrutor de libras. Em maio, o prefeito Bernardo Rossi anunciou a prorrogação do concurso até 2019.
Leia mais...

Bandidos em uma moto assaltam mulher na Rua Washington Luiz, no Centro



Um assalto a pedestre na Rua Washington Luiz, no Centro, mobilizou equipes da Polícia Militar, na noite de segunda-feira. A vítima, uma mulher de 29 anos, teve o celular roubado por dois homens numa motocicleta. Os bandidos estavam de capacete, impossibilitando que ela percebesse suas características.

A vítima foi rendida por volta das 22h20, quando passava em frente à antiga agência do Banco do Brasil. Ela estava com o aparelho nas mãos, quando a moto parou ao seu lado. Em menos de 10 segundos, o carona desembarcou, tomou o telefone e voltou para o veículo, que partiu em alta velocidade em direção ao Obelisco.

Assustada, a mulher também não conseguiu descrever a marca ou modelo da moto. Disse apenas que se tratava de um veículo escuro. Policiais Militares foram acionados, montaram um cerco, mas os criminosos desapareceram.

As imagens de câmeras de segurança do local serão solicitadas pela polícia, com o objetivo de identificar os bandidos. 

Fonte: Diário de Petrópolis
Leia mais...

Polícia Militar amplia em 8% presença nas ruas de Petrópolis, RJ



A presença de PMs nas ruas da cidade aumentou 8% desde abril. O número saltou de 377 para 408 em quatro meses graças ao remanejamento de homens que realizavam trabalhos internos ou que voltaram de licenças médicas para três Destacamentos de Policiamento Ostensivos (DPO). Foram reativados os DPOs de Cascatinha, Corrêas e Itaipava e já está prevista para setembro a reativação do posto do Bingen. O esforço pelo policiamento ostensivo foi uma das pautas discutidas no encontro do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que elenca planos e ações para prevenir delitos e reprimir a criminalidade.

O encontro ocorreu na segunda-feira (14.08) à noite e foi conduzido pelo secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP), Djalma Januzzi, ao lado do coordenador de Segurança, Maurício Borges, e do comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni, com a presença também do vice-prefeito, Baninho, e dos vereadores Reinaldo Meirelles e Gilda Beatriz.

Também estiveram presentes na reunião do GGIM representantes das secretarias de Educação, Saúde e Defesa Civil, da Comdep, da CPTrans, do Gabinete da Cidadania, dos bombeiros, do Conselho Municipal de Segurança Pública (Comsep), do Conselho Comunitário de Segurança (CCS), de associações de moradores, do Petrópolis Convention&Visitors Bureau (PCVB) e da Associação Comercial e Empresarial de Petrópolis (Acep) – que formam o grupo “Todos por Petrópolis”, que dá apoio às forças de segurança no município. Quase 60 pessoas estiveram no Centro de Cultura Raul de Leoni para a reunião.

Durante o GGIM, Djalma Januzzi atualizou sobre o andamento da montagem da central unificada de videomonitoramento. Ele informou que já foi adquirido o cabeamento de fibra óptica e, em breve, será feita licitação para compra das câmeras.  A prefeitura está analisando a possibilidade da central ficar localizada no Centro de Cultura.

“Nós vamos começar a unificar as duas centrais que existem hoje, uma na Guarda e outra na CPTrans. Quando chegarem as outras câmeras, elas serão incorporadas à central, que vai servir para o trabalho da Guarda, da PM, da Polícia Civil, da CPTrans, da Defesa Civil, dos bombeiros e de todos que precisarem das imagens. O trabalho será integrado entre todos os órgãos para que o trabalho seja mais eficiente”, falou Januzzi.

PM aumentou efetivo das ruas e apreensão de drogas cresceu

Empresários da cidade formaram o grupo “Todos por Petrópolis”, que busca ajudar as forças de segurança com insumos para a realização dos trabalhos na cidade. As policias Civil e Militar já receberam doações de jogos de pneus, remas e produtos de limpeza, entre outros materiais. A PM, hoje, tem 25 viaturas que rodam a cidade. Isso aconteceu ao mesmo tempo que o comandante do 26º Batalhão da Polícia Militar (BPM) colocou mais homens na rua, o que ajudou a aumentar o resultado do trabalho.

De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), em abril – último dado disponível –, foram realizadas 75 apreensões de drogas. O comandante do 26º BPM estima que o total de drogas encontradas pelos policiais aumentou cerca de 20% desde então.

“O que estamos fazendo é gestão de pessoal para recuperar o efetivo. Com isso, conseguimos colocar mais homens na rua e ampliar nossa presença, aumentando a sensação de segurança dos moradores. Além disso, com ajuda fundamental dos empresários, já conseguimos recuperar mais de uma dezena de viaturas e estamos realizando o trabalho preventivo”, destacou o comandante da PM, Oderlei Santos.

Esse grupo também tem ajudado a Guarda a manter o canil municipal, com a doação de alimentos e para realizar obras para ampliar o espaço físico para os animais. O canil foi inaugurado em abril e os cães já estão sendo utilizados na cidade, por exemplo, em choques de ordem e grandes eventos, como a Bauernfest. Na semana passada, por exemplo, foi realizada uma operação conjunta entre o canil e a PM que encontrou 265 pinos de cocaína escondida em uma mata no Quarteirão Brasileiro.

Mesmo assim, a PM está aumentando a diversidade de serviços. Foram colocadas mais duas bicicletas para o patrulhamento ciclístico no Centro Histórico e implementado o patrulhamento a pé na Rua Santos Dumont. Além disso, está sendo analisado pelo comando geral da Polícia Militar no estado a instalação de mais DPOs na cidade, a partir de pedidos já apresentados pela prefeitura e pela sociedade civil.

A Guarda também ampliou o trabalho esse ano, com o posto fixo da Praça da Liberdade e as novas instalações da 2ª Inspetoria, em Itaipava, reativando a Ronda Escolar e coibindo o comércio irregular de ambulantes no Centro Histórico. O número de carros recuperados também foi alto, passando de sete no início do ano para 20 veículos, que auxiliam os 30 homens que fazem rondas de patrulhamento na cidade todos os dias.

Videomonitoramento e flanelinhas também em pauta
Ainda durante a reunião do GGIM, também foi debatido o uso do ônibus de videomonitoramento. Djalma Januzzi destacou que veículo ainda deve continuar na Praça da Inconfidência por mais algum tempo enquanto é viabilizado a instalação de um posto fixo da Guarda Civil no local, com ajuda de empresários do local.

“O ônibus tem sido muito importante para a cidade e tem feito um grande trabalho. Hoje, todo mundo quer o ônibus em algum lugar e ele está à disposição para ficar onde for melhor. Nós estamos viabilizando o posto fixo na Praça da Inconfidência porque entorno quer ajudar, então não podemos perder tempo”, disse o titular da SSOP.

Outro ponto discutido foi sobre como coibir a presença de flanelinhas. Para o coordenador de Segurança, é necessário criar uma legislação municipal para poder reprimir a prática ilegal.

“A nossa dificuldade é que é necessário que a vítima faça o registro, mas muitas vezes ele não quer ir. Acaba sendo um trabalho de enxugar gelo. Se nós tivermos uma legislação específica na cidade para coibir isso, a atuação vai ser mais efetiva”, afirmou Maurício Borges, que já tem o escopo de um projeto de lei com esta finalidade. O Conselho Comunitário de Segurança (CCS) também se comprometeu a colaborar na formulação do texto.

Leia mais...

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Feira de adoção com cães e gatos acontece neste sábado (19) na Montecaseros



A quantidade de animais abandonados em Petrópolis não para de crescer. Por isso é importante o apoio a grupos de proteção da cidade como é o caso do Proteção Cão Amor, que realiza uma feira de adoção, neste sábado, dia 19 de agosto, na Veterinária Amigo Bicho, na Rua Montecaseros, 414, de 11h às 16h. Cães e gatos, filhotes e adutos, estão vacinados, vermifugados e com castração garantida pelo grupo.        

O grupo Proteção Cão Amor foi fundado em 2013 pela protetora Andrea Santos. O projeto intermedia atendimentos veterinários, castrações, vacinação, vermifugação, hospedagem e outros cuidados que o animal precise para estar apto à doação, também fazendo posteriormente o acompanhamento das adoções.         

Para adotar tem que ser maior de idade, levar documento de identidade,  comprovante de residência e  assinar termo de posse responsável.   

Para quem não puder adotar, é possível contribuir  com a causa, com contribuições ou doações de alimentos, vacinas, medicações, produtos de higiene, vermífugos, remédios para pulgas e carrapatos e até mesmo jornal. Além disso, também podem ser doados objetos, cestas e afins para realização de rifas. Outra forma de colaborar é com lar temporário para os animais que estão esperando para serem adotados e até mesmo apenas divulgando o trabalho do grupo por meio das redes sociais. Para entrar em contato é só enviar e-mail para andreassantoss@gmail.com .                   

O evento deste sábado,  vai contar ainda com bazar de produtos novos e seminovos, além de aula sobre nutrição e alimentação natural ministrada pela nutróloga veterinária Larissa Bitencourt. 

SERVIÇO:
Feira de adoção e bazar beneficente Proteção Cão Amor
Sábado (19/08) – 11h às 16h
Veterinária Amigo Bicho
Rua Montecaseros, 414 – Petrópolis/RJ
Leia mais...

39 alunos especiais terão aulas de natação na rede municipal

Projeto Inclusão Social e Esportiva de Petrópolis (ISE)



  Alunos da rede pública municipal com necessidades especiais – 39 estudantes -  terão a oportunidade de participar de aulas de natação na Escola Municipal Monsenhor João de Deus Rodrigues, por meio do projeto de Inclusão Social e Esportiva de Petrópolis (ISE) lançado na segunda-feira (14.08) na unidade. Na ocasião, foi realizada uma reunião entre os pais, alunos e diretores das escolas envolvidas. 
“A intenção é a de promover a prática esportiva como alternativa de inserção social de pessoas com necessidades especiais, mostrando a importância de participar das atividades esportivas. Essa escola já é uma referência nesse quesito porque oferece aulas de natação inclusive para comunidade. Agora, estamos dando mais um passo importante na rede municipal, promovendo aulas adaptadas para os alunos que precisam de uma atenção especial”, disse o secretário de Educação, Anderson Juliano. 

Na ocasião, os alunos e os responsáveis conheceram a piscina e o professor de natação, William Moreira, que contará com o suporte de dois estagiários. A supervisão do projeto será da Secretaria de Educação, pelo Departamento de Educação Especial. As escolas acompanharão a frequência e participação dos alunos nos projetos e a coordenação do projeto ficará com o Instituto Brasileiro de Desporto e Cultura. 

“Nossa intenção é a de mostrar aos alunos que eles podem fazer atividades diferentes e que todos possuem habilidades. Quem sabe não conheceremos um futuro atleta a partir dessas aulas? Tudo é possível”, explicou William. 

As aulas ocorrerão às segundas-feiras, com 40 minutos cada turma. “No Centro, temos o Centro de Referência que oferece várias atividades no contraturno, mas vocês dos distritos estão inaugurando um novo passo na rede municipal de Educação, a natação adaptada. É um ganho enorme esse projeto de inclusão social esportiva”, afirmou Bianca Caetano, diretora do Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação. 

A piscina da E.M Monsenhor João de Deus Rodrigues é térmica. “Todos são bem-vindos a esse espaço. Esse é um sonho que está se concretizando, uma oportunidade única para os distritos. O professor e os estagiários passaram por uma capacitação especial para atender esses alunos”, contou Ney Marcos de Paula, diretor da E.M Monsenhor João de Deus Rodrigues. 

“A nossa intenção é a de levar futuramente, esse projeto para Petrópolis. Agradecemos a confiança e a colaboração das diretoras e pais de alunos”, afirmou durante a reunião com os responsáveis, a subsecretária de Educação, Márcia Palma. 

A iniciativa agradou pais e alunos, que se mostraram animados.“É uma oportunidade única e sei que vai fazer bem à minha filha. Estou emocionada”, disse Silvana Quintela, mãe de Júlia, 15 anos, aluna da E.M Augusto Pugnaloni. “Muito importante essa iniciativa. O mais legal é que ela poderá vir com o esporte na escola, com segurança. Estamos muito felizes”, disse Juvelina de Jesus, avó de Larissa, de 9 anos, aluna da Escola Municipalizada Santa Terezinha.“Estou animada para começar. Adorei a piscina”, contou Júlia. 

Além promover a prática esportiva como alternativa de inserção, o projeto pretende agregar valores como inclusão e valorização social da pessoa com deficiência e proporcionar autonomia e emancipação aos participantes. 

Os alunos matriculados nas aulas de natação são da E.M Augusto Pugnaloni, E.M Dr. Theodoro Machado, E.M Dr. Paula Buarque, Escola de Educação Integral Padre Quinha, E. M Amélia Antunes Rabello, Escola Municipalizada Santa Terezinha, E.M Dt. Barros Franco, E.M Monsenhor João de Deus Rodrigues, E.M Carlos Canedo, Escola Municipalizada Moyses Furtado Bravo e E.M Oswaldo da Costa Frias.
Leia mais...

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Assaltantes roubam carregamento com 20 toneladas de Nutella e Kinder Ovo



Alemanha - A polícia alemã procura suspeitos de terem roubado uma caçamba com 20 toneladas dos doces Nutella e Kinder Ovo, da marca italiana Ferrero, na cidade de Neustadt. As autoridades ainda não sabem qual foi o momento do roubo, mas acreditam que o crime tenha acontecido entre a noite de sábado e a manhã de domingo.

Segundo o site do jornal local Spiegel, a ação causou um prejuízo de R$ 187 mil aos empresários donos do carregamento. Os investigadores querem saber se algiuma quadrilha planejou o ousado roubo ou se o crime foi ocasional, o que para os policiais, é o menos provável dada a quantidade da carga, que dificultaria o transporte.

O roubo de Nutella não é exatamente uma novidade na Alemanha. Em 2013, cinco toneladas do famoso doce foram roubados de Niederaula, deixando prejuízo de R$ 60 mil.
Leia mais...

OAB de Petrópolis é invadida por criminosos neste final de semana



A sede da OAB em Petrópolis foi invadida por bandidos, neste final de semana. Segundo informações da OAB, os criminosos arrombaram as portas e abriram um buraco na parede da sede. Os suspeitos reviraram o local, levaram cheques e uma quantia de dinheiro ainda não revelada. A perícia já foi acionada e investigará o caso.

A OAB de Petrópolis não funcionará nesta segunda-feira (14), por conta do ocorrido.

fonte: Diário de Petrópolis

Leia mais...

Programa vai beneficiar quase 20 mil famílias petropolitanas com descontos de até 65% na conta de luz



O programa Luz para Todos, que vai proporcionar descontos de até 65% na conta de energia elétrica para quase 20 mil petropolitanos, foi lançado oficialmente nesta segunda-feira (14/08). Prefeitura e a concessionária Enel Enel iniciaram o cadastramento das famílias com Cadúnico – Cadastro Único para Programas Sociais para receberem o benefício da tarifa social. A ação foi realizada no Centro de Cidadania em Itaipava que contou com a inauguração de um totem para autoatendimento da Enel e implantação de novos cursos no Espaço de Inclusão Digital, este mantido pela prefeitura.

Em conjunto com o município, a empresa irá treinar os funcionários dos CRAS – Centro de Referência de Assistência Social - para que eles também estejam aptos a fazer os cadastros que darão acesso aos descontos nas tarifas de energia. Essa ação é importante porque nos CRAS já é feito o CadÚnico e a população também já está integrada com estes centros, que são mantidos dentro das comunidades. São 8 CRAS que estarão cadastrando a população que terá direito ao desconto.


Em Petrópolis, atualmente, apenas cerca 4 mil famílias têm acesso ao benefício garantido por Lei Federal. A proposta do município é aumentar em 80% o número de beneficiados com a implantação do programa Luz para Todos alcançando 19.469 famílias dos 22.197 cadastrados no Cadúnico. A concessão do benefício é subsidiada pelo Ministério do Desenvolvimento Sustentável. 

“É um compromisso do nosso prefeito a melhoria da assistência nos distritos, além de atender a uma solicitação dos moradores da região em colocar um pronto atendimento da Enel, estamos ampliando os serviços do Centro de Cidadania. Aproveitando a presença dos moradores do quilombola, vamos levar iluminação pública para a região”, anuncia o vice-prefeito, Baninho, na abertura oficial do programa.

O programa Luz para Todos, Lei 5.921/17 do vereador Paulo Igor, foi sancionado pelo prefeito Bernardo Rossi na última quinta-feira (10.08). O líder do legislativo, ao lado do presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Maurinho Branco, explicou aos representantes da comunidade do Tapera que há um desconto diferenciado à população do quilombola.

“Estas famílias, que vivem num dos pontos mais distantes da cidade também terão um desconto especial em que os primeiros 50 watts consumidos, a família não paga nada. Lembrando que o município não pagará pelos watts restantes e as famílias só pagarão um valor a mais se aumentar o consumo, por isso que o desconto é progressivo”, disse Paulo Igor.

A comunidade do Tapera foi reconhecida em 2011, pela Fundação Palmares, como Quilombola. A área do Quilombo pertence a 13 famílias de descendentes de escravos da fazenda Santo Antônio. A comunidade existe há mais de 100 anos e tem 53 moradores.

            “Esse ano nós tivemos a vacinação lá na comunidade, foi a primeira vez que isso aconteceu e novamente recebemos uma boa notícia que além da tarifa social nós vamos ter iluminação pública. Nós ficamos muito satisfeitos pelo prefeito ter nos proporcionado isso. Agora vai sobrar um pouco de dinheiro para o transporte e outras compras no mês, disse o líder comunitário, Adão Cassiano.

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella, acredita que na próxima semana as equipes dos CRAS já poderão ser treinadas para realizar o cadastro da tarifa social nas unidades.

“A Enel irá treinar nossos funcionários e disponibilizar um formulário para que as nossas equipes dos CRAS façam os cadastros nos bairros – Quitandinha, Centro, Posse, Retiro, Vale do Carangola, Itaipava, Corrêas e Madame Machado. Atualmente a nossa equipe só verifica se o cadastro está atualizado e encaminha para a loja da Enel, agora os serviços serão otimizados e a população poderá ser assistida em um só lugar”, explica Denise Quintela

A titular da pasta também reforça a semana de eventos em Itaipava, no Centro de Cidadania: “A programação vai até o dia 17, quinta-feira, e é aberta a toda a população que queira saber mais sobre como economizar energia elétrica e também sobre a tarifa social quem já estiver com os documentos e conta de luz em mãos vai poder realizar o cadastro na hora”, destaca.


Como receber o benefício:

Terão direito ao desconto, além dos inscritos no Cadastro Único cuja renda per capita seja igual ou inferior a meio salário mínimo, os beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) ou famílias com integrantes portadores de doenças ou deficiências cujo tratamento ou procedimento terapêutico requeira uso continuado de aparelhos que demandem consumo de energia elétrica.

Para receber os descontos na conta de energia elétrica é preciso estar cadastrado no Cadúnico e possuir o número do NIS (Número de Inscrição Social), ambos os cadastros devem ser realizando em uma unidade do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social). 

Leia mais...

Frente fria passa pelo estado nesta terça-feira (15.08)



Condições em 13/08/2017

No último fim de semana, o deslocamento de um sistema de alta pressão favoreceu a redução da nebulosidade, com céu nublado a parcialmente nublado, suave elevação das temperaturas, sem ocorrência de chuva. Não foram observadas elevações significativas nos níveis dos rios monitorados.

Situação em 14/08/2017

A atuação de um sistema de alta pressão deixa o tempo estável sobre o estado do Rio de Janeiro, com céu claro a parcialmente nublado, suave elevação das temperaturas, sem previsão de chuva nesta segunda-feira. Não são esperadas elevações significativas nos níveis dos rios monitorados.

Previsão para 15/08/2017

Na terça-feira, a passagem de uma frente fria provocará aumento de nebulosidade, com céu variando de nublado a encoberto, declínio acentuado das temperaturas e possibilidade de chuva fraca isolada no Centro-Sul do estado. Não são esperadas elevações significativas nos níveis dos rios monitorados.

Boletim elaborado pela meteorologista Cinthia Avellar Martins do Sistema de Alerta de Cheias
Leia mais...

domingo, 13 de agosto de 2017

Climatempo aponta previsão de 10ºC para o início da semana em Petrópolis, RJ



Segundo dados do Climatempo, a semana começará com um dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer, em Petrópolis, RJ. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. A mínima será de 10ºC e a máxima 20ºC.



Leia mais...

Festa Literária da Serra Imperial acontece de 30 de agosto a 02 de setembro em Petrópolis, RJ



De 30 de agosto a 02 de setembro, o Museu Imperial, unidade do Instituto Brasileiro de Museus do Ministério da Cultura, recebe a 2° Edição da Festa Literária da Serra Imperial, a FLISI, idealizada pelo Instituto Oldemburg de Desenvolvimento. Este ano a Festa percorrerá diversos espaços culturais da cidade como o Centro de Cultura Raul de Leoni, a Casa da Educação Visconde de Mauá e a Casa Stefan Zweig.

Como aconteceu na  sua 1ª edição, a Festa Literária da Serra Imperial continuará focada no tema “Memória” e contará com a presença de autores reconhecidos nacionalmente, como Ruy Castro, Heloisa Seixas, Clóvis Bulcão, entre outros.  A curadoria da FLISI é de Cristina Oldemburg e de Guiomar de Grammont, coordenadora do Fórum das Letras de Ouro Preto e professora da Universidade Federal de Ouro Preto. As curadoras reuniram um time de peso, celebrando o universo da literatura, da história, da memória e das artes durante os quatro dias do evento.  Aliás, uma característica da FLISI é justamente a de não se restringir ao universo das letras, ampliando a percepção do público para as férteis relações da literatura com outras formas de comunicação.

Este ano o homenageado da Festa será Machado de Assis, celebrando os 120 anos da Academia Brasileira de Letras. O imortal Antonio Carlos Secchin abre a noite, no dia 30 de agosto, às 19h, no Cine Teatro Museu Imperial, com a palestra “Traindo a Tradição: Machado de Assis e Dom Casmurro”, onde serão apresentados os principais argumentos “contra” e a “a favor” de Capitu ao longo do tempo.. Além da palestra, será inaugurada a exposição "A Serra Imperial de Machado de Assis e seus melhores poemas" com fotos do acervo da Biblioteca Nacional associadas às poesias do grande escritor. Às 20:30h, Secchin participará de sessão de autógrafos.

Dentro das comemorações do centenário de  Antônio Callado, o escritor  será homenageado na FLISI com a inauguração de uma Sala de Leitura, com 1000 livros novos, na Casa da Educação Visconde de Mauá e com a  exposição "Quarup", que revive o mágico romance sobre os índios do Xingu. Também na Casa da Educação, a Festa Literária homenageará o educador Paulo Freire, que revolucionou a pedagogia com seu método de despertar a consciência crítica dos alunos, onde será lançada a sua biografia com a presença esposa e autora - Nita Freire. 

No dia 01, o Instituto Oldemburg de Desenvolvimento lança, com exclusividade, o livro “Viagem ao Brasil”, que conta a história do austríaco Franz Joseph Frühbeck. Inspirado na publicação Franz Frühbeck’s Brazilian Journey, dos autores Robert Smith e Gilberto Ferrez, a obra, inédita, é uma crônica que retrata, através do olhar do jovem viajante Frühbeck, o dia a dia, os bastidores da viagem que ele fez a bordo do navio português D. João VI, onde viajava D. Leopoldina quando veio da Europa para se casar com D. Pedro I. Para falar sobre o livro, a Mesa: D. Leopoldina, princesa do Brasil, terá os seguintes convidados: o diretor do Museu Histórico Nacional, Paulo Knauss, a historiadora Maria Isabel Lenzi, o biógrafo Clóvis Bulcão, a doutora em história social Patrícia Souza Lima e a pesquisadora Claudia Maria Souza Costa.

Muito importante também será o lançamento do livro "Diário do Conde d'Eu". O historiador Rodrigo Goyena Soares descobriu o diário íntimo do Conde d´Eu, escrito de março de 1869 até abril de 1870, o último ano da Guerra do Paraguai. O documento estava quase esquecido no Arquivo Histórico do Museu Imperial de Petrópolis. Ele fez a transcrição e uma tradução primorosa do original em francês para o português, anotando o texto meticulosamente. O  lançamento do livro será acompanhado da Mesa: "Herói de guerra ou vilão sanguinário? O Conde d'Eu, a Guerra do Paraguai e a política imperial", com os convidados Rodrigo Goyena Soares, Ricardo Salles, e mediação de Maria de Fátima Argon e Bruno Tamancoldi. A palestra buscará revisitar o lugar do Conde d’Eu na Guerra do Paraguai e, igualmente, propor respostas às controvérsias historiográficas sobre este personagem ainda pouco conhecido do grande público

No último dia de evento, com mediação de Lara Sayão, a FLISI convidou os escritores Ruy Castro, Heloísa Seixas e Clóvis Bulcão para Mesa “A Memória como fonte para a ficção e a não ficção”. Conversa entre três escritores que transitam entre a ficção e a não ficção a partir da memória. Enquanto Clóvis Bulcão e Ruy Castro escrevem biografias e livros de reconstituição histórica, Heloisa Seixas é autora de romances e contos. Só que, no caso do casal Ruy Castro e Heloisa Seixas, às vezes, os papéis se  invertem e eles se metem na seara um do outro. Os três irão conversar com o público sobre os prazeres e os desafios da escrita, bem como, sobre as diferenças entre biografia e memória, e entre ficção e não ficção. O espetáculo teatral "Um Sarau Imperial", faz a despedida da FLISI com dramatização interativa de uma atividade típica de lazer do século XIX. Embalado por modinhas imperiais cantadas por uma soprano e acompanhadas ao piano, o público assiste e participa com canções, declamação de poesias e conversas sobre assuntos sociais, econômicos, políticos e culturais da época, retirados da correspondência particular da família imperial. Conta com as personagens históricas Princesa Isabel, Condessa de Barral, Baronesa de Loreto, Francisca Taunay e Adelaide Taunay.

Para Cristina Oldemburg, a realização da Festa Literária da Serra Imperial se configura, mais uma vez, como instrumento vivo de mobilização cultural em prol do livro e da literatura nacional na Região Serrana do Estado do Rio. “A FLISI, além de incentivar o participante a conhecer novos escritores, estimula o pensamento crítico, por meio de palestras, debates, exposições, encontro com artistas e lançamentos literários, valorizando a comunidade cultural da região e impulsionando a cultura e a economia criativa do entorno de Petrópolis. A primeira edição da FLISI foi um sucesso e, com certeza, essa segunda edição também será, não só pela qualidade dos convidados, mas pela importância da cidade no contexto histórico e cultural do país. A FLISI 2017 é sobretudo um instrumento de valorização da memória cultural e histórica do país, na convicção de que, sem uma visão do passado, não se pode compreender o presente nem construir o futuro", fala Cristina.

De acordo com Maurício Vicente Ferreira Jr., Diretor do Museu Imperial, a “Festa Literária da Serra Imperial é um convite à reflexão sobre as dimensões da História e da Memória a partir da relação do indivíduo com a literatura. Assim, o Museu Imperial amplia seu público, bem como a oferta de oportunidades para a fruição do acervo histórico e artístico sob sua responsabilidade." A programação da FLISI vai acontecer de forma simultânea em vários pontos da cidade imperial. Todas as atividades, como exposições, palestras, debates, apresentação de coral, entre outras, são gratuitas e abertas ao público.  
Leia mais...

A Imperfeição Perfeita de Animais com Deficiência

Louie, só tem um olhinho.

A missão a que a fotógrafa australiana Alex Cearns se propôs é simples: provar que todos os animais – independentemente da sua condição física – são belos.

Com a série fotográfica Imperfeição Perfeita (Perfect Imperfection no original inglês), eu diria que consegue convencer com bastante facilidade.

A fotógrafa capturou uma série de retratos emocionantes, desde gatos com três patas a cães com os olhos removidos, passando por outros animais e outros tipos de deficiência, um trabalho que destaca a capacidade inata que os animais têm de superar adversidades.
Adoro cada animal que já tive o privilégio de fotografar, mas aqueles vistos como “diferentes” têm um lugar especial no meu coração. São criaturas que perderam uma pata, nasceram sem olhos ou ficaram com as marcas de abusos antigos. A maioria dos animais com problemas não se debruça sobre eles. Adaptam-se aos seus corpos sem reclamar e sobrevivem com determinação.
— Alex Cearns
VEJA MAIS FOTOS (fonte):  https://www.mundodosanimais.pt/fotos/imperfeicao-perfeita-animais-deficiencia/
Leia mais...

R$ 766 milhões em dívidas: Estudo da Firjan mostra Petrópolis entre municípios com crise fiscal em 2016



Aumentar a capacidade de investimentos para os próximos anos. O desafio da atual administração da prefeitura desde os primeiros dias de governo foi traduzido em números e confirmado por um estudo divulgado nesta sexta-feira (11.08) pela Firjan.  O Índice Firjan de Gestão Fiscal mostra que Petrópolis teve em 2016 apenas 2,8% de investimentos, o que colocou a cidade na categoria “D” do estudo - entre os municípios com gestão fiscal crítica. “Aumentar a capacidade de investimentos é um dos nossos principais desafios. Todas as secretarias têm trabalhado para isso. É uma questão urgente, pois reflete na qualidade dos serviços oferecidos à população e também na infraestrutura da cidade”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

O desafio de reverter os números é ainda maior frente à dívida acumulada por gestões anteriores, que alcança R$ 766 milhões – quase o total do orçamento do município para este ano, que é de R$ 881 milhões - e a previsão de déficit anual de R$ 102,9 milhões, considerando somente os parcelamentos de dívidas.

“A equipe dedicou um tempo precioso nos primeiros meses de governo, levantando dívidas, buscando formas de equilibrar as contas e tentando recuperar recursos federais que foram perdidos pela gestão anterior. Meses de trabalho que poderiam ter sido investidos em projetos para o crescimento e desenvolvimento da cidade, mas que precisamos dedicar à organização das coisas. Porque é como em uma casa, para que você possa pensar em ampliar a construção e fazer mais um pavimento, é preciso que a base esteja firme. O que estamos fazendo é organizar as coisas para que o município volte a crescer”, considera o prefeito.

O IFGF é fechado com base na avaliação de cinco indicadores: receita própria (capacidade de arrecadação), gastos com pessoal, investimentos, liquidez (dívidas acumuladas do ano anterior) e o custo da dívida. Cada um dos itens avaliados recebe pontuação que varia de zero a um - quanto mais próximo de um, melhor o resultado.

A partir da pontuação os municípios recebem conceitos, entre A e D. A avaliação A é dada aos municípios nos quais se identifica uma gestão de excelência (0,8 a 1). O conceito B é dado às cidades que tiveram avaliação boa (0,6 a 0,8), seguido pelo C, aqueles com gestão difícil (0,4 a 0,6) e D (zero a 0,4), para aqueles que tiveram situação crítica.

“Analisando os resultados, em especial no que diz respeito às cidades que tiveram melhor desempenho, verificamos que se saem melhor àqueles que sediam empresas. Isso confirma que estamos no caminho certo, em nossa meta de criar um ambiente favorável para atrair empresas para Petrópolis”, avalia o prefeito Bernardo Rossi, lembrando que, até o início deste mês, 995 novos alvarás de funcionamento já haviam sido emitidos pela Secretaria de Fazenda. Os novos negócios estão nos setores de tecnologia, imobiliária, comércio, eventos, áreas de clínica médicas e odontológicas.

Outra frente importante para alavancar a recuperação financeira do município é o turismo. “As atividades ligadas ao turismo aumentam a arrecadação de ISS, que é uma das principais fontes de arrecadação própria do município. O resultado do estudo também aponta que cidades com potencial turístico são melhor avaliadas. Isso confirma que acertamos ao investir no desenvolvimento deste segmento”, considera o prefeito Bernardo Rossi.

 ​




Leia mais...