segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Secretaria de Meio Ambiente aplica punição a dono de ferro velho

Outros ferros velhos serão vistoriados em ação do Grupamento de Proteção Ambiental


A Secretaria de Planejamento, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico aplicou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) ao dono de um ferro velho que fica às margens da BR-040, no Moinho Preto, na quinta-feira (19.01). A punição estabelece que o proprietário do espaço retire os veículos que estão espalhados pela rua até o dia 7 de fevereiro. Todos os carros devem ser removidos para um terreno de propriedade do mesmo. Outra ação estabelecida pelo TAC é o reflorestamento de uma área de quase dois mil metros quadrados com 300 árvores. 

O dono do ferro velho ainda terá que impermeabilizar o solo onde fica armazenado o material, já que o local também é utilizado para lavar os automóveis, além apresentar o licenciamento da área.

 “O TAC funciona quando o proprietário age de forma irregular, mas se compromete a corrigir. Ele vai ter que cumprir uma série de exigências para permanecer trabalhando no local”, disse Fred Procópio, que vai assumir a secretaria de Meio Ambiente. 

Até o final do mês, os agentes do Grupamento de Proteção Ambiental vão vistoriar outros ferros velhos espalhados pela cidade. 

“Estamos montando um cronograma para fiscalizar os locais que estão irregulares. O trabalho é longo, mas será feito da melhor maneira possível, sempre buscando o melhor para o Meio Ambiente”, afirmou Fred.
Leia mais...

CPTrans cobra retirada de veículos abandonados das ruas de Petrópolis



Trinta veículos abandonados já foram removidos das ruas de Petrópolis nos últimos 20 dias. A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) vem cobrando à Rodando Legal, empresa responsável pelo serviço de reboque no município, que faça a retirada dos carros abandonados. A iniciativa, além de atender à solicitação da população, também visa prevenir que os carros velhos sirvam de criadouro para o mosquito Aedes aegypti.

Dos 30 veículos removidos até agora, 20 foram localizados no distrito da Posse e outros cinco nas proximidades do Pinheiral, no Bonfim, e os outros cinco em pontos que prejudicavam a mobilidade no município

“Temos muitos veículos abandonados. Esses carros ficam acumulando água, além de prejudicar o trânsito na cidade, ocupando locais que poderiam servir como vaga para estacionar ou até em locais proibidos. Estamos tentando atender a todas as denúncias acumuladas por gestões ineficientes. Nossa intenção é recolher esses carros e, caso o proprietário não busque o veículo, levá-los a leilão”, explicou o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Agora, a CPTrans trabalha identificando e notificando os carros abandonados. Funciona assim: o agente da Companhia cola, no vidro do carro, a notificação informando que o proprietário tem o prazo de sete dias para remover o carro, sob pena de reboque. Se, dentro deste prazo, o carro não for retirado, a CPTrans aciona o reboque, que faz a remoção do veículo para o pátio da Rodando Legal.
Leia mais...

Primeiro leilão de veículos do ano terá 89 lotes para lances em Petrópolis



O primeiro leilão de veículos de 2017 vai acontecer no dia 1º de fevereiro a partir das 10h no Petropolitano Futebol Clube. Realizado pela Rodando Legal, empresa responsável pelo serviço de reboque na cidade, os interessados terão a oportunidade de dar lances em 89 lotes de veículos, que foram rebocados. A iniciativa conta com o apoio da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans).

Entre os veículos estão carros, motos e até caminhões. Interessados em participar da concorrência podem ver a lista completa de veículos a serem leiloados no Diário Oficial do município do dia 24 de dezembro de 2016, disponível no site da Prefeitura (http://petropolis.rj.gov.br/ ).

Atualmente, os automóveis estão no pátio da Rodando Legal, no Morin. Proprietários que tiveram seus veículos rebocados têm até uma hora antes do início do leilão, às 9h do dia 1º/02, para quitar as dívidas e recuperar o veículo. Para isso, eles devem procurar o escritório da empresa, localizado à Avenida Dom Pedro I, 486, Centro.
Leia mais...

domingo, 22 de janeiro de 2017

Parte da laje de imóvel cai e deixa dois feridos no Itamarati, neste domingo (22)



Parte da laje de um imóvel que está sendo demolido caiu e deixou dois homens feridos na tarde deste domingo (22) em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um pedreiro e o proprietário do terreno foram supreendidos quando estavam no banheiro.

O acidente ocorreu por volta das 13h no bairro Itamarati. As vítimas foram socorridas no local e tiveram apenas escoriações, de acordo com os bombeiros. A Defesa Civil do município também foi acionada.

fonte: G1
Leia mais...

Em 20 dias, Bernardo Rossi garante R$ 14,4 milhões para investimentos



O prefeito Bernardo Rossi comemorou o fato da Prefeitura ter recuperado e conseguido R$ 14,4 milhões nos primeiros 20 dias de governo, para investimentos em melhorias na infraestrutura de serviços que refletem no dia a dia dos petropolitanos. Os recursos serão destinados às áreas de Saúde, Segurança Pública, Assistência Social, Meio Ambiente e Obras.

- O trabalho hoje na prefeitura é feito em duas frentes: o levantamento e identificação de dívidas com busca por soluções para sanear as contas e a articulação para recuperar verbas que estavam perdidas e capitanear recursos para novos projetos. Estamos empenhados também em incluir Petrópolis em todos os programas disponibilizados pelos governos federal e estadual - afirma o prefeito Bernardo Rossi.

A área da saúde receberá R$ 3,5 milhões do Governo Federal. Parte destes recursos – R$ 1,7 milhão – será destinada ao plano de ação regional da rede de urgência e emergência. O Hospital Alcides Carneiro receberá R$ 738 mil, e o Sanatório de Corrêas, R$ 422 mil. Outros R$ 600 mil irão melhorar a infraestrutura do atendimento na rede básica de Saúde. Ainda na área, o governo anunciou R$ 1,8 milhão para a implantação do Programa “Melhor em Casa”.

- É um programa que vai facilitar muito a vida das pessoas, pois vai levar médicos à casa dos pacientes com necessidade de reabilitação motora, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção - avalia Bernardo Rossi.

O prefeito anunciou, ainda, R$ 7,9 milhões para a retomada de obras que estavam paralisadas, como o enterramento da fiação aérea da Rua do Imperador. A obra será custeada com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

Os recursos garantidos por Rossi permitirão ainda a retomadas de obras, no valor de R$ 975 mil para recuperação de quadras poliesportivas nos bairros Mosela e Morin, intervenções que estavam paralisadas desde o ano passado, e a contenção de encostas na Rua Desembargador Luiz Antônio Severo – via que fica na parte de trás do Parque de Exposições de Itaipava.

A segurança pública também receberá um reforço de R$ 500 mil – recursos que serão investidos em uma central de monitoramento que ampliará de 28 para 100 as câmeras de vigilância na cidade.

- É um investimento que dará uma infraestrutura para termos um sistema de monitoramento integrado, que somará ao trabalho que já estamos realizando com o ônibus em praças da cidade - explica o prefeito, destacando que ao assumir a prefeitura encontrou o ônibus de monitoramento - que chegou à cidade há 3 anos e meio e é avaliado em R$ 2 milhões - parado. O prefeito anunciou ainda que o ônibus com um sistema de monitoramento com câmeras será levado a outras praças do Centro Histórico.

Além disso, a prefeitura trabalha junto à Secretaria Estadual do Ambiente para recuperar R$ 1,2 milhão para investimentos no Parque Natural da Ipiranga. De acordo com Bernardo Rossi, a Secretaria de Planejamento, Meio Ambiente e Desenvolvimento está trabalhando para recuperar a verba. Ainda nas primeiras semanas de governo, Bernardo Rossi garantiu a destinação de R$ 1,3 milhão a 27 entidades que desenvolvem projetos voltados para crianças e adolescentes, que beneficiarão pelo menos mil menores carentes, R$ 153 mil em sinalização de vias públicas em diferentes bairros, além da retirada de 11,3 mil toneladas de lixo e entulho acumulados em via públicas de toda cidade desde antes do Natal.
Leia mais...

Projetos que previnem assaltos em ônibus estão engavetados na Alerj



O uso de detector de metais portátil, o cadastro com documento na compra da passagem e embarque nos ônibus e a instalação de câmeras nos terminais rodoviários que podem evitar os constantes assaltos sofridos pelos passageiros nos ônibus intermunicipais são temas de três projetos de lei que o deputado Marcus Vinícius Neskau apresentou no meio do ano passado. Os projetos, no entanto, aguardam parecer há mais de sete meses na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Rio, a primeira comissão por onde a proposta deve passar. “São três medidas que preveniriam e muito os assaltos. Hoje os criminosos entram no coletivo sem nenhuma dificuldade, sem apresentar documentação, sem registro de imagem e qualquer vistoria. Não há nenhuma inibição e isso não pode continuar”, afirmou o deputado que já pediu, inclusive, regime de urgência na tramitação dos projetos.

O deputado explicou que dois projetos sequer foram analisados pelo deputado responsável por dar o parecer na comissão e a proposta que prevê a obrigatoriedade do uso de detector de metal foi transformada na CCJ por indicação. “Segundo o deputado que deu parecer, a aquisição dos detectores iria gerar um desequilíbrio nas contas da empresa por não haver essa previsão em contrato. Assim que a Alerj retornar do recesso, entrarei com outro projeto. Desta vez, para que haja a obrigação da aquisição e uso desses aparelhos na próxima renovação de contrato. A gente pode evitar esses assaltos com algumas medidas que são simples, mas tem que ter empenho”, destacou. Segundo o delegado titular da 105ª DP, Cláudio Batista Teixeira, apenas nos últimos seis meses foram registrados 10 assaltos a linhas da viação Única/Fácil com destino final em Petrópolis, onde acabam sendo feitas as ocorrências e, posteriormente, transferidas para a 59ª DP, em Duque de Caxias, responsável pela região onde os crimes costumam ocorrer.

Em todo o Estado do Rio, de janeiro a novembro do último ano foram registrados mais de 12 mil roubos em coletivos, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP).

Conheça os projetos:

PL 437/15: Obriga o uso de detector de metais nos passageiros e bagagens no ato do embarque.

PL 493/15: Exige documento original com foto para venda da passagem e embarque dos passageiros. Prevê ainda que a empresa tenha o registro por um prazo mínimo de três meses constando nome e número do documento do passageiro, linha, horário e poltrona. A intenção é coibir a facilidade que os assaltantes hoje têm de entrar e sair dos coletivos sem nenhuma identificação.

PL 568/15: Obriga a instalação de câmeras de segurança nos terminais 
rodoviários e que as imagens sejam também arquivadas por um período mínimo de três meses. 
Leia mais...

Bernardo renegocia, e Prefeitura vai economizar R$ 1 milhão com redução de aluguel de 23 imóveis

Contratos de outros 65 estão sendo avaliados e renegociados


A renegociação para redução de valores de aluguel de 23 imóveis sob responsabilidade da Secretaria de Administração vai gerar uma economia anual de R$ 1 milhão aos cofres da prefeitura. Contratos de outros 65 imóveis alugados com recursos públicos estão sendo revistos. A Secretaria de Administração, que na primeira semana de apuração identificou a existência de 17 imóveis alugados, verificou a existência de outros seis sob sua responsabilidade. Com isso o número inicial de 82 imóveis alugados pelas Secretarias municipais subiu para 88. Por determinação do prefeito Bernardo Rossi, contratos de todos os imóveis custeados com recursos públicos estão sendo auditados e renegociados. Hoje a prefeitura gasta R$ 6,4 milhões com o aluguel de imóveis.

“Adotamos uma força tarefa em todas as Secretarias, autarquias e órgãos vinculados à prefeitura, como Fundação de Cultura e Turismo, para rever de forma rigorosa todos os contratos de aluguel. Estamos encontrando casos absurdos como uma dívida de mais de R$ 430 mil somente com um terreno alugado pela CPTrans que há mais de quatro anos abriga carcaças de ônibus que só servem para por em risco a saúde dos moradores em Pedro do Rio.A prefeitura vai devolver os imóveis que não forem necessários, como neste caso do terreno, e reduzir o valor dos demais, como já foi feito pela Secretaria de Administração, que vai economizar R$ 90 mil por mês”, pontua o prefeito Bernardo Rossi.

“Nesta primeira revisão e renegociação dos contratos conseguimos reduzir em mais de 45% a despesa com aluguéis de imóveis da nossa pasta”, afirma o secretário de Administração Marcus von Seehausen.

Por mês, a Secretaria de Administração tem uma despesa mensal R$ 195 mil referente a aluguéis. “com a negociação nossa despesa vai cair para R$ 105 mil. Somente com o aluguel deste Centro Administrativo aqui da Barão do Rio Branco, a economia mensal será de R$ 10 mil”, diz von Seehausen.

A revisão de contratos de aluguel está sendo feita nas Secretarias de Saúde, que tem 33 imóveis alugados a um custo anual de R$ 1,2 milhões; na Educação, que é responsável pelo aluguel de 16 imóveis e tem uma despesa de R$ 1,5 milhões/ano; na Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setrac), que é responsável pelo aluguel de sete imóveis, com um custo de R$ 370 mil/ano; na Companhia Municipal de Desenvolvimento (Comdep), que por ano gasta R$ 374 mil com o aluguel de quatro imóveis, entre os quais um posto de saúde cujo contrato será rescindido e passado para a Secretaria de Saúde; Na Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), que gasta por ano R$ 330 mil com o aluguel de três imóveis, entre os quais o terreno de Barra Mansa, que será devolvido após a retiradas das sucatas de ônibus; e na Fundação de Cultura e Turismo, onde dos dois imóveis alugados um será devolvido pois está fechado há um ano.
Leia mais...

Banda de Petrópolis mostra o melhor do rock e já tem milhares de seguidores



Eles fazem e são apaixonados pelo rock, mas a soma de diferentes experiências musicais dos integrantes da ENOB ultrapassa todas as fronteiras do tempo e invade os padrões do gênero. Influenciados pelo Hard Rock, Grunge, Punk e Metal, o grupo segue no estilo Post-Grunge/Metal Alternativo, lançando-se no mercado através de uma inovadora fórmula na indústria fonográfica nacional, unindo o som gringo às letras em português. 

Agora no dia 23 de janeiro (segunda-feira), a  ENOB -  banda de Petrópolis - lança o primeiro clipe da música que intitula seu  EP - Presságio.  Quem já viu, garante que o material vai bombar na internet e ampliar ainda mais os horizontes deste grupo que atrai grande público e fans por onde passa. O teaser do clipe já pode ser visto na web ( https://www.youtube.com/watch?v=aa4kZFMTtVM) e já viralisou nas redes sociais. 

- Falamos sobre o cotidiano das pessoas através de mensagens de auto-ajuda. Nosso objetivo é tornar mais fácil o entendimento da sociedade para com o sentido da vida e como se livrar das guerras internas. Acreditamos que todo bem ou mal vem de dentro das pessoas e procuramos compor um álbum direcionado a esse tema. Com ele, lançamos também o webclipe de '1 dia pro fim', o Lyric Video de ´'Sinais' e estamos eufórico com o lançamento agora deste nosso A banda segue crescendo nas redes sociais e o projeto vai tomando grandes proporções -, conta o vacalista e guitarrista Fred Ponte.

A ENOB tem sete anos de existência e lançou seu primeiro disco em 2009, com 12 faixas inéditas. O resultado final da mistura foi um som puxado mais para o Punk Rock, com uma pitada de Pop, o que agradou bastante o público, tendo como conseqüência a venda de 600 cópias. Em 2015, a Enob lançou o EP – Presságio (7 faixas) tendo como concepção imortalizar os riff’s de guitarra e solos, cada vez mais escassos na indústria musical contemporânea. 

A banda  carrega com orgulho o nome da Cidade Imperial por onde passa. Com o nome forte na região, a ENOB participa de diversos eventos no Rio de Janeiro, festas, festivais de música, sempre ficando em evidência e ocupando a mente do público que a assiste. Os covers também fazem parte do  repertório da banda, embora busquem espaços através de composições próprias.
Sinta-se a vontade para conhecer a banda que coloca a sua verdade em questão.

ENOB é:
Fred Ponte – Vocal e Guitarra
Renan Guettnauer – Guitarra
Emanuel Guettnauer – Baixo
Alexandre Junior – Bateria
François Torres - Piano e Synth


Contatos:
email: enob_oficial@yahoo.com.br
Tel: (24) 99264-6162
Leia mais...

sábado, 21 de janeiro de 2017

Domingo terá possibilidade de chuva e trovoadas na Região Serrana do RJ



De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para este domingo (22) é de dia claro a parcialmente nublado com possibilidade de chuva e trovoadas isoladas em algumas cidades da Região Serrana do Rio. Em Petrópolis, Nova Friburgo e Teresópolis, os termômetros irão variar entre 15º e 31º.

Ainda de acordo com o instituto, a segunda-feira (23)  será encoberta com chuvisco em Petrópolis e Teresópolis. Os termômetros ficarão entre 20º e 28º e 16º e 27º, respectivamente. Em Nova Friburgo, a previsão é de dia encoberto com mínima de 16º e máxima de 27º.

Segundo o Inmet, a terça-feira (24) também será encoberta com chuvisco em Petrópolis e Teresópolis. A previsão é de que os termômetros variem entre 20º e 29º, e entre 19º e 27º. Na cidade de Nova Friburgo, a mínima será de 18º e máxima de 27º  em um dia encoberto.
Leia mais...

Mais de 20 quilos de materiais reciclados recolhidos


Coleta seletiva foi implantada há uma semana na Secretaria de Educação

A separação do lixo que pode ser reciclado começou há uma semana na secretaria de Educação. Mais de 20 quilos de material reciclado foi levado na última quarta-feira (18.01) para o EcoPonto, que funciona na Mosela.

De acordo com o secretário de Educação, Anderson Juliano, a meta é que a longo prazo as escolas da rede também possam aderir à coleta seletiva.

“A intenção é despertar nos alunos e na comunidade escolar a parceria em prol da coleta seletiva, mostrando os benefícios da pratica para o meio ambiente e exultando a importância de ser um multiplicador da pratica. Observando a coleta na escola, a criança poderá incentivar os pais a fazer o mesmo em casa”, explicou Anderson Juliano.

Todo o lixo que é coletado na secretaria está passando por uma triagem. Separados, os resíduos serão levados semanalmente para o EcoPonto que funciona na Mosela.

“Conseguimos separar papeis, folders, papelão e pastas antigas e juntamos para a coleta. É um trabalho gratificante e estamos separando tudo, inclusive na cozinha. É a primeira vez que vejo uma ação como essa acontecer na secretaria de Educação”, afirmou Ademildes Gonçalves, servidora da rede municipal há 19 anos.
Leia mais...

Secretários se reúnem com moradores da Rua Uruguai


Os secretários de Obras e Habitação, Ronaldo Medeiros; de Defesa Civil, Paulo Renato Vaz; a secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Denise Quintella e o Chefe de Gabinete, Renan Campos, se reuniram na noite de quinta-feira (19.01), com 60 moradores da Rua Uruguai, no auditório da Universidade Federal Fluminense (UFF), no Quitandinha. Eles ouviram as demandas da população e um novo encontro vai acontecer dentro de 30 dias. Reuniões específicas, com cada secretaria, também serão marcadas.

“Essas reuniões menores, mas que são específicas, vão agilizar o processo. Quem estiver com dúvida sobre interdições, por exemplo, pode procurar a Defesa Civil. Se o assunto for o aluguel social, pode ir até à Setrac. Dessa forma, vamos agilizar as ações de trabalho”, disse o secretário Paulo Renato Vaz. “No próximo encontro estaremos com toda a situação mais bem avaliada. Vai ser importante a presença dos moradores para mostrarmos o trabalho que está sendo realizado”, explicou.      

A nova gestão municipal já garantiu o pagamento de R$ 427 mil à empresa responsável pela obras no local, e por isso, continuam sendo realizados o desmonte e a retirada das pedras, além da construção de um dique que funcione como um “colchão”, amortecendo outras rochas que vierem a se deslocar do maciço rochoso. Os serviços de limpeza e desobstrução da via irão acontecer tão logo à construção do dique seja finalizada.

Na noite de 14 novembro de 2016, um desplacamento de cerca de duas toneladas de rochas a 200 metros de altura destruiu três casas, deixando dois mortos. As rochas ainda atingiram outras duas casas e destruiu um trecho da via.
Leia mais...

Horário do Circuito de Lazer é ampliada para às 17h na Barão do Rio Branco


O Circuito de Lazer, na Barão do Rio Branco, terá seu horário ampliado para às 17h, a partir deste domingo (22.01). A iniciativa é da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) e da Secretaria de Esportes e Lazer atendendo a uma solicitação dos usuários da via. Atualmente, cerca de duas mil pessoas, entre adultos e crianças, aproveitam o espaço para correr, caminhar, andar de bicicleta e skate a cada domingo. 

         Com o novo horário, o circuito de lazer passa a funcionar de 7 às 17h. É um espaço com pouco mais de 3km de extensão, que conta com demarcação de quilometragem, cones de sinalização e pórticos infláveis. O circuito também tem quatro bebedouros ao longo da via e banheiros químicos no início da Barão, disponibilizado aos atletas. 

“Esse foi um pedido da própria secretaria à CPTrans, que também entendeu a necessidade de ampliação do horário por conta da grande demanda que vemos aos domingos, inclusive no horário em que o circuito era desmontado. Com essa mudança, acreditamos que vamos atrair novos adeptos à prática esportiva, que é o novo perfil do petropolitano. As pessoas estão se cuidando, buscando práticas esportivas e nosso papel é estimular e apoiar qualquer ação que incentive à atividade física”, avaliou o secretário de Esportes, Hingo Hammes.

O diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco, acrescenta que a intenção é beneficiar o maior número de pessoas possível. “É uma medida simples, mas que vai favorecer muita gente: desde aqueles que já usam a Barão, como os que não usavam porque o horário era restrito”, destacou.
Leia mais...

UFF abre inscrições para concurso com 113 vagas



Na próxima segunda-feira (23), a Universidade Federal Fluminense (UFF) abre as inscrições do Concurso Público para provimento de 113 vagas de cargos técnico-administrativos, em todos os níveis de escolaridade, para lotação nas suas Unidades Acadêmicas e Administrativas localizadas no Estado do Rio de Janeiro. Dentre as oportunidades, está sendo oferecida uma vaga para Técnico de Laboratório em Física, para atuar no campus da Escola de Engenharia de Petrópolis. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com vencimentos de R$ 2.294,81 mensais.

Entre os cargos disponíveis, 107 vagas serão destinadas ao município de Niterói, estando as demais distribuídas entre os municípios de Angra dos Reis, Macaé, Nova Friburgo, Petrópolis e Volta Redonda. O cargo de Assistente em Administração é o que oferece o maior número de vagas, totalizando 70, para lotação em Niterói, sendo 47 destinadas à ampla concorrência, 6 destinadas a pessoas com deficiência e 23 destinadas a negros, em cumprimento às legislações referentes às respectivas reservas de vagas.

As inscrições ocorrerão, exclusivamente via internet, através do endereço eletrônico www.coseac.uff.br/concursos/uff/2017, no período de 23 de janeiro a 20 de fevereiro de 2017, com valores que variam entre R$ 70,00 a R$ 110,00.

O pedido de isenção da taxa de inscrição para os candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), poderá ser solicitado, pessoalmente, em qualquer um dos locais, datas e horários citados no item 6.2 do edital do concurso. Os moradores de Petrópolis inscritos no CadÚnico que pretendem concorrer a uma vaga, poderão solicitar o pedido nesta segunda-feira (23), de 11h às 17h, no Campus da Escola de Engenharia de Petrópolis, situado na Rua Domingos Silvério, s/n°, Quitandinha.

O concurso constará de apenas uma prova escrita a ser realizada nos dias 02 e 09 de abril de 2017, dependendo do cargo de escolha do candidato, e será composta de partes objetivas e de redação. Todas as informações podem ser obtidas no endereço eletrônico do Concurso Público: www.coseac.uff.br/concursos/uff/2017
Leia mais...

15 escolas vistoriadas apresentam infiltrações e falta de conservação


Levantamento constatou que maioria das unidades está com problemas de infiltração. No CEI Casa da Paz, inaugurado no final do ano passado, o forro está estufado devido à grande quantidade de água parada no telhado

A Secretaria de Educação continua vistoriando as escolas municipais da rede. Nas quinze escolas e CEIs visitados foram constatadas infiltrações, telhados destruídos, lajes com rachaduras e banheiros obsoletos. Inaugurado pela gestão passada em 2016, o CEI Casa da Paz, localizado no Carangola, encontra-se com o forro estufado. Já na escola Stefan Zweig, no Quitandinha, baldes foram colocados nas salas de aula com a intenção de tentar amenizar os problemas ocasionados pelo gotejamento recorrente.

“É lamentável encontrar escolas completamente sucateadas, em péssimo estado de conservação. Esses reparos deveriam ter sido feitos há muito tempo porque causam problemas estruturais nos prédios. Estamos falando de escolas, dos lugares onde as crianças deveriam se sentir seguras. A falta de cuidado e manutenção mostra o descaso da administração passada com a rede municipal de ensino”, disse o prefeito Bernardo Rossi.

O CEI Casa da Paz foi inaugurado em setembro de 2016. Após quatro meses, o estado do telhado chama a atenção: infiltrações foram observadas em vários pontos do imóvel. A tinta utilizada nas paredes está descascando, deixando a mostra o isopor utilizado na construção das paredes. Os basculantes não contam com puxadores e para conseguir abrir e fechá-los, os funcionários da unidade improvisaram e utilizam uma corda.

“A falta de qualidade do serviço mostra um desrespeito total com os alunos e com o uso do dinheiro público. Uma irresponsabilidade total porque além de tudo, a obra foi realizada próxima a um biodigestor. Os moradores do Carangola e os profissionais da rede municipal que atuam no espaço merecem respeito e o estado do CEI quatro meses depois do término das obras choca qualquer pessoa”, afirmou o secretário de Educação, Anderson Juliano.

No CEI Criança Santa Edwiges, no Vila Rica, a situação não é diferente: infiltrações nas salas, paredes mofadas, azulejos quebrados e rachaduras nas paredes. Também foi observado mato alto nos fundos da escola e telhas e calhas quebradas que causam alagamentos no pátio externo.

Localizada na Estrada das Arcas, a Escola Municipal Celina Schechner é uma das escolas que se encontram em pior estado de conservação. Uma obra de ampliação foi paralisada e por conta disso, alagamentos ocorrem no pátio toda vez que chove. A obra na unidade começou em maio de 2016 e o prazo para término era de 180 dias. Nas calhas é possível ver mato e muita terra acumulada e as telhas estão quebradas. Nas salas o reboco está caindo e o mofo tomou conta das paredes.

“Todos os problemas estão sendo levantados e documentados. Assim que a secretaria de Educação dispuser de condições orçamentárias, providenciaremos as obras. São muitos problemas e sabemos que não temos como resolver todos em curto prazo. Herdamos essa situação caótica e estamos fazendo o possível para resolver as pendências”, explicou Anderson Juliano.

Na Escola Municipal Stefan Zweig,  grande parte dos basculantes estão sem vidro, à tela de proteção da quadra de esportes está com buracos em várias partes, algumas câmeras de segurança foram destruídas e sanitários estão sem tampa. Além disso, os encanamentos das pias estão com vazamentos, torneiras dos banheiros não estão funcionando e há mofo nas salas de aula, ocasionado pelas infiltrações no telhado. Também por conta das infiltrações, quando chove, a água se acumula nos corredores do segundo piso e uma rachadura no teto foi diagnosticada. Para tentar conter os vazamentos, alguns baldes estão distribuídos em várias salas de aula.

Leia mais...

Prefeitura trabalha para sanar R$ 563 mil em dívidas com Aluguel Social e Cartão Imperial


Setrac vai garantir pagamentos em aberto desde dezembro

Levantamento feito pela Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) apontou um montante de R$ 563 mil em dívidas referentes ao não pagamento do Cartão Imperial e do Aluguel Social pendentes desde o ano passado. Os valores deveriam ter sido pagos ou empenhados no mês de dezembro, o que não ocorreu. 

“Estamos tomando todas as providências para que este pagamento seja regularizado o mais breve possível e as famílias assistidas não sejam prejudicadas”, explica a secretária Denise Quintella.

O débito referente ao aluguel social (R$ 500) e auxilio emergência (R$ 100) destinados a famílias cadastradas pela Setrac soma R$ 200 mil. Por conta disso, o depósito do auxílio que deferia ter sido disponibilizado as 400 famílias no dia 10, está atrasado. 

“Quero tranquilizar as famílias que dependem deste auxílio. Todas as providências foram tomadas pela nossa equipe para que o depósito do aluguel social seja feito o quanto antes”, afirma a secretária.

A Setrac trabalha ainda para regularizar o repasse de R$ 363 mil à empresa responsável pelo Cartão Imperial. O valor do auxílio foi creditado nos cartões dos 5.630 beneficiários, mas não foi pago pela prefeitura à empresa e nem empenhado em dezembro - um procedimento necessário para a liberação do pagamento.

“As pessoas que detêm o cartão estão conseguindo utilizá-lo normalmente para fazer suas compras. Estamos nos esforçando para acertar esta dívida junto à empresa para que não haja problemas no auxílio às famílias mais adiante”, considera.

Os débitos identificados pela Setrac compõem as dívidas que estão sendo apuradas em todas as secretarias do município, e que somam mais de R$ 130 milhões. 

“São débitos que estão sendo apurados em todas as pastas e que estamos buscando formas de sanear. A Assistência Social assim como a Saúde e a Educação têm prioridade nessas ações”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Leia mais...

Polo de Educação em Itaipava começa a funcionar no dia 1º de fevereiro


O atendimento será direcionado para os pais de alunos e funcionários das escolas e CEIs da região

A Secretaria de Educação está reativando o Polo de Educação dos distritos para atender pais, alunos, funcionários e professores.  Para facilitar o contato com os responsáveis pelos estudantes, escolas e Centros de Educação Infantil do terceiro, quarto e quinto distrito, o Polo começará a funcionar no dia 1º de fevereiro, em Itaipava. O espaço vai realizar atendimentos de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h30, no Parque Municipal de Exposições, na Estrada União e Indústria, nº 10.000. Os profissionais da secretaria de Educação que atuarão no espaço já estão passando por uma formação especializada.

“Organizamos esse espaço cumprindo um pedido do prefeito Bernardo Rossi. Com o polo, estreitaremos o diálogo entre os profissionais que atuam na secretaria de Educação com os funcionários das escolas e com os pais de alunos. No polo, as questões da matrícula serão facilitadas, ou seja, o responsável não precisará se deslocar até o Centro da cidade para se informar a respeito de vagas e, até mesmo, matricular o seu filho na rede municipal”, explicou o secretário de Educação Anderson Juliano.

            O polo estará sob a coordenação de Carla Cleffs. A intenção da secretaria de Educação é de que no espaço também ocorram cursos para orientadores, professores e do pessoal de apoio das 50 unidades atendidas na região que ficam em Nogueira, Araras, Vale das Videiras, Itaipava, Pedro do Rio e Posse. São, ao todo, 38 escolas da rede municipal, duas escolas conveniadas (Colégio Anglicano e Liceu São José de Itaipava), além de dez Centros de Educação Infantil.
Leia mais...

AJUDE A DIVULGAR: Daniel de Souza Mathias, de 30 anos, desaparecido desde a tarde de domingo em Petrópolis



A família de Daniel de Souza Mathias, de 30 anos, está em busca de informações sobre seu paradeiro. Ele está desaparecido desde a tarde de domingo, quando saiu de casa, no Thouzet, para sacar dinheiro no caixa eletrônico de um supermercado da região.

“Estamos desesperados e não sabemos mais onde procurar. Já comunicamos o desaparecimento na delegacia do Retiro, procuramos em todos os hospitais e até no IML, mas ele não deu entrada em nenhum desses locais”, diz, preocupada, a esposa Paola Aparecida Corrêa.

Quando saiu de casa, segundo Paola, o companheiro estava vestido numa calça jeans e camisa de malha. A moto que ele usava, uma YBR, prata, placa KPA-2898, também não foi encontrada. O celular está fora de área desde domingo, dia em que foi visto pela última vez. Daniel tem dois filhos. “O mais novo, de apenas três anos, está sentindo muito a falta do pai. Não sabemos mais o que dizer. Está ficando cada vez mais difícil”, lamenta.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Daniel, pode informar pelo telefone (24) 98816-9335. 

fonte: Diário de Petrópolis
Leia mais...

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Bernardo Rossi acompanha atuação da Secretaria de Obras e Comdep no Independência

Prefeito viu de perto operação tapa-buraco, melhorias de iluminação, limpeza e recolhimento de entulho no bairro 

As ações da Secretaria de Obras e da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep), no bairro Independência, na manhã desta quinta-feira (19.01) foram acompanhadas de perto pelo prefeito Bernardo Rossi. 

A operação tapa-buraco passou por diversas ruas, assim como as melhorias em trechos de paralelepípedos da localidade. A equipe responsável pela iluminação pública também esteve no local para fazer troca de lâmpadas e limpeza de postes, além de ouvir demandas sobre extensão da rede. A Comdep passou com o mutirão de recolhimento de entulho no local, além da capina, roçada e limpeza das vias. 

Bernardo Rossi conversou com moradores locais e ressaltou que a prefeitura está atuando e levando serviços para as comunidades. 

“Estamos realizando os serviços que influenciam diretamente o dia a dia da população. As comunidades estavam abandonadas e precisavam de serviços simples, como tapa-buraco, limpeza, iluminação. Nós estamos há poucos dias no governo e retomamos esses serviços básicos que estavam parados”, disse o prefeito.

A manutenção viária foi feita na rua principal e também no Alto Independência. O Caminho do Imperador, que liga à servidão Antônio da Silva Ligeiro a Igreja de São Jorge, já começou a receber extensão de iluminação pública. A Rua Sebastião de Assis (antiga Rua M) também teve manutenção nos poste. 

Desde as primeiras horas da manhã, cerca de 50 funcionários da Comdep fizeram capina, roçada e limpeza de todo o bairro. O mutirão de recolhimento de entulho também esteve presente no local, com quatro caminhões e uma máquina retroescavadeira. 

O prefeito estava acompanhado pelo vice-prefeito Baninho; do presidente da Câmara, Paulo Igor; secretário de Obras, Ronaldo Medeiros e o diretor-presidente da Comdep, Wagner Silva, além do vereador Roni Medeiros. 

Moradores agradeceram o trabalho que está sendo realizado no local. 

“Confio nele porque vejo que ele está indo a todos os lugares. Tenho que certeza de que ele vai continuar fazendo muito mais pelo nosso bairro”, comentou Nézia de Almeida, que mora no bairro Independência há 50 anos. 

“A gente sabe que as coisas vão melhorar porque você está aqui para ver quais são os problemas daqui e poder ajudar todo mundo”, disse Márcia Silva para o prefeito.

Leia mais...

Quatro bandas de Petrópolis se juntam para noite de rock autoral em Petrópolis, RJ



Quatro bandas de Petrópolis se juntam para noite de rock autoral O “Rock de Verão” é um evento com a intenção de reunir bandas de rock autoral e artistas da cidade de Petrópolis para uma noite de shows e exposição, sempre na estação do verão. 

Para a primeira edição do evento, que ocorrerá nesta sexta (20), a partir das 20h, o local escolhido foi o Estúdio Aldeia, que conta com um espaço fechado para shows e área aberta para aproveitar o ar fresco das noites de verão na serra. Sellene, Sob o Dia Cinza, Miragem e Máfia na Rua 47 dividem o palco com exposições de fotografias e desenhos. 

A Sellene é uma banda autoral, e seu repertório conta com letras que falam de sentimentos, esperança e o cotidiano, mas não deixando de lado a energia do rock com o vocal scream e riffs de peso. Embora suas músicas sejam cantadas em português, as grandes influências vêm do rock internacional e bandas como: Underoath, killswitch engage, Papa roach, Chevelle. Recentemente foi lançado o primeiro Single da banda, chamado: Hoje a noite que já está disponível no perfil Spotify da banda (https://open.spotify.com/artist/0f7imiH9zuGP8rXom1EcPO) entre diversas plataformas digitais de música. 

Sob o Dia Cinza é uma banda petropolitana que apresenta um som autoral tendo como base o post-hardcore. O evento ainda conta com shows das bandas Máfia na Rua 47, que tem influências de: Pantera, Raimundos, Metallica, Alice in Chains, System of a Down. E também a banda Miragem. 

Exposição dos fotógrafos Bruno Ferreira Soares e Pedro Guarilha e dos desenhistas Igor Klôh Vieira e Matheus Quinan, também serão atrações. “Diferente de outros formatos de shows com bandas de rock que acontecem na cidade, nós queremos atrair um público diferenciado e que, ao ouvir as novas bandas, possa se identificar com o som e gerar um novo público para as bandas participantes. Além dos shows contamos com a exposição de trabalhos de fotógrafos e desenhistas da cidade, com isso unimos a música e à arte em um só evento. A exposição acontece em paralelo aos shows, pois algumas das artes serão expostas no local do show”. Bruno Oliveira de Alcântara, baixista da banda Sellene.

Endereço do Estúdio Aldeia: Rua Olavo Bilac, 265 - Castelânea, Petrópolis - RJ.
Telefone para contato: (24) 99254-2853
Serviço: Rock de Verão (Sellene + Sob o dia Cinza + Miragem + Máfia na Rua 47) Sexta, 20 de janeiro, a partir das 20h. Ingressos: Antecipados com os integrantes das bandas: R$ 10,00 Na porta do evento: R$ 15,00
Leia mais...

Cervejaria Bohemia oferece conhecimento cervejeiro e o melhor da gastronomia na 16ª edição do Petrópolis Gourmet

Oficinas com sommeliers prometem atrair grande público ao festival gastronômico.
Evento também promove tour pela Rota Cervejeira RJ.

Petrópolis, na Região Serrana, está promovendo a 16ª edição do Petrópolis Gourmet, maior festival gastronômico da Região Serrana, e que tem como tema este ano 'Cerveja na Panela', uma homenagem ao passado e presente cervejeiro da cidade. A Cervejaria Bohemia, integrante da Rota Cervejeira RJ, é a patrocinadora do evento e percussora da tradição cervejeira na Cidade Imperial.  Sendo assim, está oferecendo todo o conhecimento cervejeiro e o melhor da gastronomia para moradores e turistas, com um menu especialmente preparado com o líquido e harmonizado com as suas cervejas especiais.

 “A Cervejaria Bohemia participa ativamente e é uma das protagonistas no movimento do Circuito Cervejeiro de Petrópolis, o berço da cerveja no Brasil. E o tema desta edição do Petrópolis Gourmet não poderia ser mais propício para cada vez compartilharmos a nossa paixão por cerveja com mais pessoas”, conta Gilmar Cimirro, gerente do complexo da Cervejaria Bohemia.

Quem visitar o Restaurante Bohemia poderá degustar o menu exclusivo feito para o evento. Como entrada, um delicioso bolinho de cevada com parmesão e bacon harmonizado com a Bohemia Magna Pils, uma refrescante German Pils inspirada nas hortênsias da cidade. Uma costela suína com batata rosti é servida como prato principal e combina perfeitamente com a Bohemia Aura Lager, uma equilibrada Vienna Lager que representa a aurora petropolitana. E, para finalizar, um clássico com pegada cervejeira: brigadeiro de cerveja Bohemia Aura Lager.

Oficinas da Bohemia prometem atrair grande público
Para oferecer uma experiência cervejeira ainda mais completa, a Cervejaria Bohemia vai oferecer duas oficinas especiais durante o período do evento. Nesta sexta-feira (20), a sommelier de cervejas Marcela Carmo falará sobre a escola cervejeira alemã e suas peculiaridades, já no sábado (28), o chef e sommelier Daniel Martins apresentará uma trilha de sabores e cultura na palestra Da tábua à taça.

Um passeio pela Rota Cervejeira RJ
Os interessados na 16ª edição do Petrópolis Gourmet e nas oficinas promovidas pela Bohemia também poderão aproveitar o final de semana para também conhecer um pouco mais da Rota Cervejeira RJ. 

A Rota Cervejeira, que tem como objetivo de fomentar os setores de turismo e de cervejas artesanais e especiais da Serra do Rio.  O projeto une grandes e pequenos produtores nas cidades de Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo: Otten Brau (Buda Beer), Cervejaria Bohemia, Cidade Imperial, Grupo Petrópolis, Ranz Bier, Cazzera, Cervejaria Real, BrewPoint e Vila St. Gallen.

O turismo cervejeiro é desenvolvido pela Associação Turística das Cervejarias e Cervejeiros do Rio de Janeiro (ACCERJ-TUR) e envolve todo trade regional destacando a gastronomia em meio às belíssimas montanhas, cachoeiras cristalinas, ar puro,  parques naturais e tantos outros traços do turismo de montanhas da região.

A Rota Cervejeira RJ pode ser visitada por qualquer pessoa que visite a Serra do Rio ou por meio de pacotes operados por agências de viagens, como a CVC, maior operadora da América Latina, pela Serra Brasilis ( www.serrabrasilis.com.br), a Atlântica Turismo (www.atlanticaturismo.eco.br ), a Ecoturismo e Receptivo ( www.4x4cantosecoturismo.com.br ) e a agência especialista em roteiros de cerveja no país, a Hanseatic Travel Experience (www.hanseatic.tur.br). 

SERVIÇO:
XVI PETRÓPOLIS GOURMET
Tema: Cerveja na Panela
De 17 a 29 de janeiro
Valor do menu no Restaurante Bohemia: R$ 89,00

* Horário de funcionamento:
Terças e Quartas: 12h às 16h, Quintas: 12h às 23h30, Sextas: 11h às 23h30, Sábados e Feriados: 12h às 23h30 e Domingos: 12h às 16h

Oficinas:
Escola cervejeira alemã e suas peculiaridades com Marcela Carmo (sommelier de cervejas)
Data: 28/01, 18h
Local: Shopping Vilarejo (Estr. União e Indústria, 10035 – Itaipava)
Gratuito

Da tábua à taça – Uma trilha de sabores e cultura com Daniel Martins (sommelier de cervejas e chef executivo)
Data: 28/01, 16h
Local: Cervejaria Bohemia (Rua Alfredo Pachá, 166 - Centro, Petrópolis)
R$ 120,00

* Foto -  Costela suína com batata rosti | Harmoniza com Bohemia Aura Lager (Vienna Lager) / Divulgação Bohemia
Leia mais...