segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Médico da USF do Quitandinha foi o vencedor do desafio Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil 2016



O médico da Unidade de Saúde da Família (USF) Vila Saúde, no Quitandinha, Roberto Biasi Filho foi o vencedor do desafio Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB) 2016. O prêmio – participação no XIV Encontro Nacional de Aleitamento Materno e IV Encontro Nacional de Alimentação Complementar - foi concedido pelo Ministério da Saúde devido à realização de oficinas de trabalho para qualificar profissionais de saúde da Rede de Atenção Básica sobre o aleitamento materno e alimentação complementar. O evento aconteceu entre os dias 22 e 25 de novembro, em Florianópolis (SC).

O prêmio, a nível nacional, foi concedido em forma de desafio aos tutores da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil. Em Petrópolis, são dois tutores: o médico Roberto Biasi Filho e a coordenadora do Programa de Assistência Integral à Saúde da Criança da Secretaria de Saúde, a médica Márcia Faria. O prêmio – a viagem paga para participar do encontro – seria concedida ao tutor que realizasse maior número de oficinas de capacitação com os profissionais das unidades básicas de saúde. Devendo essas  oficinas serem cadastradas no  sistema de gerenciamento da EAAB. 

“Em nove de novembro recebi um e-mail informando que havia ganhado o desafio. Congratulações para mim e para o município de Petrópolis, como postou a coordenação da EAAB.  Foi um reconhecimento ao trabalho que estamos  desenvolvendo no município, apoiados pela Diretora e Coordenadores dos Programas do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Petrópolis”, comemorou o médico que atua há 30 anos na Prefeitura e há 17 como médico de Estratégia Saúde da Família. “Esse encontro nacional acontece a cada dois anos, tornando-se uma grande oportunidade para tomar conhecimento das pesquisas nacionais relacionadas  as práticas de aleitamento materno e alimentação complementar, e uma grande oportunidade de trocar experiências, construir saberes e novos desafios  com os profissionais  que abraçam essa causa com o objetivo de promover  um desenvolvimento saudável para as nossas crianças até dois anos de idade, que é o foco da EAAB”, disse.
Leia mais...

Perigo: Buraco pode prejudicar motoristas na Estrada da Saudade



Motoristas que passam diariamente pela Estrada da Saudade devem redobrar a atenção. É que um grande buraco está se formando próximo ao número 232, na pista sentido Centro. Para alertar quem passa pelo local, moradores colocaram galhos de bambu e de árvores.

A cratera que está se formando há vários dias, fica próximo à Mesquita Baitul Awal da Associação Ahmadia do Islã no Brasil. O buraco possui pelo menos 40 centímetros de diâmetro por uns 50 de profundidade.

Mas se a prefeitura não tapar o buraco com certa urgência, a cratera tende a aumentar e o trânsito poderá ficar interditado, já que pela rua passam muitos ônibus e caminhões, além de veículos particulares.

fonte: Diário de Petrópolis
Leia mais...

Prefeitura intensifica fiscalização ao comércio irregular em Petrópolis



A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Fiscalização da Secretaria de Fazenda, começou, nesta sexta-feira (2/12), a Operação “Papai Noel”. A ação intensificou a fiscalização do comércio irregular de produtos que já acontece em diversos pontos do Centro, como as ruas Paulo Barbosa, Imperador e Caldas Vianna. Foram apreendidos diversos itens como CDs e DVDs, cartões de memória, relógios e tapetes, que serão doados para instituições beneficentes.

De acordo com o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa, a ação tem o objetivo de apoiar os comerciantes que estão legalmente constituídos. “O trabalho informal é uma característica de momentos de crise econômica, como a que se instalou no Brasil, e a informalidade cresce em momentos como o Natal. No entanto, temos que garantir a ordem urbana na cidade e defender os comerciantes, que pagam os seus impostos em dia”, destacou o secretário.

A ação será expandida para outras regiões do Centro, como a Rua 13 de Maio, o polo de modas da Rua Teresa, e a região da Catedral São Pedro de Alcântara. “A intensificação da ação de fiscalização, com a Operação Papai Noel, será realizada até o dia 24 de novembro”, lembrou Patuléa. “Temos que garantir que os trabalhadores legalizados realizem o seu trabalho – inclusive os vendedores ambulantes que têm licença da Prefeitura e trabalham na Rua Epitácio Pessoa e na Praça Clementina de Jesus, além dos artesãos da Praça dos Expedicionários”, disse o secretário.
Leia mais...

domingo, 4 de dezembro de 2016

Dia da Pessoa com Deficiência é celebrado com dança, esporte e atividades recreativas em Petrópolis



Em celebração ao Dia da Pessoa com Deficiência, foi realizado ontem (03/12), no Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava, um evento que reuniu entidades e voluntários para um dia muito especial com dança, esporte e atividades recreativas.  

Para Norma Helena Ferraz, diretora da Associação Pestalozzi de Petrópolis, tão significativo quanto reunir as pessoas com deficiência, é conscientizar a sociedade sobre sua importância. 

“Avançamos muito, conseguimos mais espaços especializados, para tratamento e educação de pessoas com deficiência. Isso é muito importante, pois estamos falando sobre seres humanos. E, às vezes, os próprios seres humanos esquecem que eles têm sentimentos”. 

Fundada em 1923 por um dos maiores educadores da humanidade, o suíço Johann Heinrich Pestalozzi, a Associação Pestalozzi está comemorando 90 anos de atuação no Brasil e 30 anos em Petrópolis. 

Mayara Mello, professora de zumba do Projeto “Somos 21”, acredita que as pessoas com deficiências precisam de estímulos para facilitar seu desenvolvimento. 

“Tudo começou com um aluno com Síndrome de Down, depois vieram outros e hoje quem sai ganhando sou eu. Agradeço pela oportunidade de participar de eventos como esse. Quanto mais estímulos uma pessoa recebe melhor será o seu desenvolvimento e isso é gratificante”. 

Conhecido nacionalmente por seu “Projeto Capoeira Especial”, o professor Evandro Fumacinha, que ensina 250 alunos com múltiplas deficiências também foi voluntário no evento. 

“É muito bom estar aqui! Há cinco anos temos esse projeto que conta com voluntários e uma parceria com a Prefeitura Municipal. Estamos no Centro de Referência de Educação Inclusiva, na Escola Paulo Freire e já estamos em algumas escolas particulares realizando um projeto de inclusão. Esse talvez seja o maior projeto do estado.”

Para Gilda Beatriz, presidente da Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência e do Idoso da Câmara de Vereadores e idealizadora do evento, essa data tem por finalidade dar ampla visibilidade ao tema.

“Conseguimos muitos avanços na inclusão de pessoas com deficiência, a começar pela vasta legislação vigente. Mas precisamos chamar a atenção da sociedade para a necessidade de colocar em prática o que está no papel. Essa foi uma das principais bandeiras do meu primeiro mandato e vai continuar sendo uma de minhas prioridades no próximo. Precisamos fazer do mundo um mais inclusivo e equitativo para as pessoas com deficiência. Agradeço aos professores Mayara Mello e Felipe Guerra, da Academia Aeróbica, e Evandro Fumacinha da Academia Body Club, pelo apoio para realizar esse dia especial”, finaliza a vereadora, mãe de uma adolescente com Síndrome de Down. 

No mundo, mais de 1 bilhão de pessoas vivem com algum tipo de deficiência: motora, auditiva, visual ou intelectual.  
Leia mais...

Planalto elogia caráter pacífico das manifestações



BRASÍLIA - O Palácio do Planalto considerou as manifestações deste domingo contra a corrupção “exemplares” pelo caráter pacífico, e ressaltou que os três Poderes têm de estar sempre atentos a reivindicações da população. Em nota, o governo disse que as manifestações mostraram “força e vitalidade” pela maneira “pacífica e ordeira” com que ocorreram.

Na última terça-feira, após um duro protesto em frente ao Congresso Nacional — que teve confrontos com a polícia, prédios públicos depredados e carros destruídos —, o presidente Michel Temer repudiou o “vandalismo, destruição e violência” do ato, por meio do porta-voz. O Planalto afirmou também que os três Poderes da República devem estar “sempre atentos” a demandas populares.

De acordo com o movimento “Vem Pra Rua”, houve protestos em 232 cidades em todo o país, nos 26 estados e no Distrito Federal.

Já o senador Roberto Requião (PMDB-RR), relator do projeto de abuso de autoridade, atacou o protesto, chamando manifestantes de “mentecaptos manipuláveis”. “Presentes movimentos de mentecaptos manipuláveis”, escreveu Requião no Twitter, também classificando membros da Operação Lava-Jato de “jovens paladinos”. O senador garantiu ainda que apresentará a proposta na terça-feira “com ou sem pitis, com histerias e passeatas ou sem”.

O presidente da Associação dos Juizes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, afirmou que a população rechaça projetos como o de abuso de autoridade, marcado para ser votado no Senado na próxima terça-feira:

— Emendas do tipo crimes de responsabilidade e crimes por ofensa às prerrogativas de advogados foram rechaçadas pelo povo brasileiro nos protestos. É necessário que sejam criados instrumentos modernos de enfrentamento, e não que os magistrados e procuradores sejam intimidados com ameaça de prisão.

fonte: O Globo


Leia mais...

Prefeitura terá que pagar R$ 13 milhões que deve ao Santa Teresa



A prefeitura terá 72 horas para sanar a dívida de R$ 13.273.025,89 que tem com o Hospital Santa Teresa (HST). Caso contrário, a Justiça vai ordenar o “imediato sequestro da quantia devida, na sua integralidade”. A decisão é do juiz Alexandre Teixeira, da 4ª Vara Cível de Petrópolis, em resposta a uma ação movida pela Associação Congregação de Santa Catarina – Hospital Santa Teresa.

O hospital acusou a prefeitura de apropriação indébita, que é o delito ocorrido quando o administrador se apropria de recursos que ficam temporariamente sob seu poder. O débito total da prefeitura é dividido em recursos municipais (R$ 4.087.690,43), mas também estaduais (R$ 1.051.677,11) e federais (R$ 8.133.658,35), que foram repassados a Petrópolis, mas não foram transferidos ao hospital.
Leia mais...

sábado, 3 de dezembro de 2016

Com decisão favorável da justiça, servidores municipais da ativa e aposentados receberão 13º salário



O Juiz da 4ª Vara Cível atendeu ao pedido do Sindicato dos Servidores Públicos de Petrópolis - SISEP, para arrestar recursos “carimbados” do tesouro municipal para pagar o 13º salário do funcionalismo. Com a decisão, os sindicalistas irão receber o salário, mas o presidente do SISEP, Osvaldo Magalhães, disse que está orientando os servidores a tratar o valor como salário de dezembro, que ainda não está garantido.

fonte: Diário de Petrópolis


Leia mais...

Programa BICHO SOLTO estréia na terça-feira na TV Vila Imperial, canal 19


Buscando contribuir com a causa animal, que cada vez mais ganha adeptos em Petrópolis, a TV Vila Imperial de Petrópolis, no canal 19, passará a veicular na terça-feira, uma grande novidade, o programa BICHO SOLTO.  

O programa será apresentado por Catarina Maul e Domingos Galante, ambos bastante conhecidos pela militância na causa animal em Petrópolis. Vai ao ar ao vivo toda terça às 16h, com reprises nas quintas às 19h e domingos às 17h.

A direção é de Catarina Maul e a produção da Bem Cultural Produções Artísticas que já colocou à disposição dos futuros telespectadores uma série de produtos que visam aproximar ainda mais os interessados ao projeto, como um canal de You Tube e uma página no Facebook. 

Domingos hoje é um dos protetores que mais atuam na cidade, doando sua vida em prol dos animais de rua e sempre na defesa dos casos mais sérios, exercendo sua capacidade de organização e liderança.  Catarina Maul, que possui 9 gatos e 6 cães e constantemente contribui com casos de animais de rua abraçados por grupos protetores diversos, sente-se feliz de auxiliar com sua experiência para aumentar a visibilidade sobre a causa. 

A própria produção do programa para sua estreia já mostra o perfil do projeto, que acredita no coletivo e na união da sociedade civil.  

A música tema foi gentilmente escrita por Julian, da banda Generais Marcianos, teve arranjos e instrumentos do mesmo junto com Vicktor Correa e back vocals de Dandara Claudino e Tainara Claudino. A produção da vinheta foi feita por Gregori Bastos.  Julian homenageia seu Toddy, um cão boxer francês, com essa inspiração maravilhosa. 

A logomarca do programa foi elaborada por Guilherme Vissotto em homenagem a sua gatinha Pandora, que já está na casa dos 12 anos. 

O cenário tem a participação de 7 grafiteiros que estão, há uma semana, trabalhando nos detalhes.

O programa conta, ainda, com as imagens e edição de Mauricio Borges, assessoria de produção de Caroline Rivello, colaboração das protetoras de grupos diversos, Débora Ranciaro, Verônica Mallah e Cristina Messores. Outros tantos estão envolvidos no projeto que, antes mesmo de estrear, já causa verdadeiro frisson nas redes sócias. 

O programa trará entrevistas com veterinários e especialistas, será espaço para histórias de militância animal, além de ter canto de adoções e apresentação de agenda de eventos ligados à causa animal. Histórias de transformação através de adoções também serão relatadas, a fim de transformarem-se em exemplos para os telespectadores. 

Sem dúvida, mais uma vez a TV Vila Imperial presta serviço de amplo interesse, como é próprio de seu perfil de TV Comunitária. 

Maiores informações na página do Facebook Bicho Solto na TV ou pelo e-mail bichosoltonatv@gmail.com


Fotos de Mauricio Borges
Leia mais...

Bernardo Rossi quer garantia de R$ 10,7 milhões para PSFs



A equipe de transição do governo eleito de Bernardo Rossi espera receber nesta segunda-feira (05.12), data do quarto encontro de trabalho com membros da atual gestão, documentos que garantam que a cidade vai manter recursos federais na ordem de R$ 10,7 milhões para os PSFs e UBS. As estruturas básicas de saúde na cidade recebem verbas chamadas de “variáveis” mensalmente. Os recursos, no entanto, serão suspensos às cidades que não providenciaram a informatização dos prontuários, conforme portaria 2.488/2011. Petrópolis é um dos municípios que não têm prontuários eletrônicos. 

                O prazo para adequação às normas expira dia 10 deste mês. O Ministério da Saúde alertou que os municípios que não conseguiram no prazo de cinco anos, a partir de 2011, se adaptarem, devem informar ao órgão federal que vai estudar, caso a caso, possibilidade de ajuda às cidades. 

Por ano, Petrópolis recebe R$ 113 milhões do governo federal para a Saúde.  A verba representa mais de um terço do orçamento anual da área em Petrópolis. Destes recursos, R$ 18 milhões são destinados à Saúde Básica: R$ 7,1 milhões são fixos e R$ 10,7 milhões são chamados de PAB (Piso de Atenção Básica) Variável. É esta parte de recursos considerável que Petrópolis corre o risco de perder.  Petrópolis tem hoje 37 postos de saúde com 44 equipes de Estratégia de Saúde da Família (PSF)  que cobrem 44,21% da população.

“Esperamos receber na segunda-feira (05.11) documentos que comprovem que o processo de informatização da rede está sendo realizado e o prazo em que a norma federal vai ser cumprida. Sabemos, no entanto, que a instalação do prontuário eletrônico não foi feita em Petrópolis. E assim, também queremos garantias de que o município vai comunicar ao Ministério da Saúde que não conseguiu se adequar e pedir ajuda para providenciar a informatização”, aponta Renan Campos, coordenador do grupo de transição do governo eleito de Bernardo Rossi.

O governo federal, há dois meses, em último alerta sobre a expiração do prazo,  indicou que  os municípios que não conseguirem instalar o prontuário eletrônico até o dia 10 de dezembro terão que apresentar  justificativas e um plano de trabalho ao Ministério da Saúde para que a verba para programas como Saúde da Família e Brasil Sorridente não sejam suspensas.

O Ministério da Saúde oferece plataforma gratuita, mas o envio dos dados também pode ser feito pelos municípios por sistema próprio. Com o sistema, é possível gravar e acessar informações, como detalhamento da consulta e diagnóstico, disponibilidade de medicamentos nas farmácias dos municípios, procedimentos realizados, resultado de exames e evolução do paciente. A nova versão possibilita ainda que o registro ao Cartão Nacional de Saúde (CNS), a identificação do cidadão no SUS, seja feito digitalmente em qualquer unidade que já utilize a atualização do programa.
Leia mais...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Usuários do Bilhete Único Intermunicipal perderão o benefício a partir de segunda-feira



Selma Schmidt - O Globo / Os usuários do Bilhete Único Intermunicipal (BUI) perderão o benefício a partir de segunda-feira. Em nota à população divulgada na tarde desta sexta-feira, representantes de ônibus, barcas, metrô e trens afirmam que, “depois de sucessivas postergações no pagamento integral dos repasses dos subsídios pelo governo do Estado do Rio, as concessionárias de transporte público informam que, a partir da zero hora de segunda-feira, dia 5 de dezembro, os usuários beneficiados pelo Bilhete Único Intermunicipal não terão mais acesso ao desconto tarifário”.

Trata-se de uma suspensão, segundo os empresários. “Tão logo o repasse do subsídio seja normalizado pelo governo do estado, os valores da integração serão retomados”, garantem.

A nota diz ainda que “a suspensão está prevista na Lei estadual nº 5.628/2009, cujo artigo 21 determina que, na hipótese de o Estado não depositar o valor do subsídio, ficam os concessionários e permissionários do serviço desobrigados a efetuar a tarifa integrada para os passageiros que utilizam o Bilhete Único Intermunicipal.”

O empresários destacam que “as empresas de transporte atenderam a todas as solicitações do governo do estado para a extensão dos prazos de validade do benefício aos usuários, no aguardo de uma solução, o que acabou não ocorrendo. Sem o repasse regular dos subsídios, torna-se inviável a manutenção do BUI.” Lembram ainda que todos os cartões de transporte continuarão a ser aceitos normalmente, mas sem os descontos previstos na regra tarifária do BUI.

Há cinco milhões de cartões do BUI cadastrados. Em entrevista nesta sexta-feira à CNB e a Bandnews, o secretário estadual de transportes, Rodrigo Vieira disse que o gasto, que chega a R$ 13 milhões semanalmente com o benefício, se tornou insustentável para o governo.



Leia mais...