quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Câmara Municipal promove palestra sobre a Prevenção da Diabetes

Evento encerra mês em que se comemora o Dia Mundial de Combate à doença



Recentemente, em 14 de novembro, foi celebrado o Dia Mundial contra Diabetes. A data vem sendo utilizada como alerta para o aumento da incidência da doença no mundo e para divulgar informações que ajudem na prevenção e controle desse mal. A International Diabetes Federation (IDF) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) encabeçam as atividades a nível mundial, enquanto o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Diabetes promovem a data em nosso país.

Dentro desse enfoque, a Câmara Municipal de Petrópolis promoverá na próxima sexta-feira (28), às 18h30, no plenário da Casa, o evento “A Prevenção da Diabetes”, que terá como palestrantes os médicos Francisco Sales Ferreira Filho (endocrinologista), Adriana Faro (nutróloga) e William Tannure (oftalmologista).

“O diabetes é uma doença que vem crescendo e que causa uma grande preocupação. O que queremos fazer proferindo estas palestras é orientar as pessoas sobre as formas de prevenção necessárias desde criança, com a adoção de hábitos saudáveis na alimentação”, explica o vereador Maurinho Branco, que teve a iniciativa de promover a palestra.

Um dos meios de prevenir o diabetes é praticar exercícios físicos e manutenção do peso, além de estabelecer uma alimentação saudável. Com essas medidas o risco de se tornar diabético é reduzido em 50%. Os testes de taxa de glicose poderão ser realizados em qualquer Unidade de Saúde ou no Programa de Saúde da Família (PSF) e é um direito do usuário do SUS garantido pela Lei nº. 11.347.

A International Diabetes Federation (IDF) estima que haverão 410 milhões de diabéticos em 2025. Hoje há mais de 230 milhões. Uma doença que traz inúmeras complicações, muitas vezes levando à morte. “Acho que essa é a importância de ações de pequeno porte como essa, mas que ajudam a combater esses números tão alarmantes”, concluiu o vereador.
Leia mais...

Conselheiros tutelares de Petrópolis têm mandatos prorrogados



Rômulo Barroso: A Câmara aprovou ontem a prorrogação dos mandatos dos conselheiros tutelares de Petrópolis. A medida foi tomada para adequar o município à lei federal 12.696/2012, que mudou o período da eleição dos conselhos para um ano depois do pleito que define o presidente da República. Além disso, uma resolução do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) orientou que os mandatos fossem prorrogados para permitir a eleição na data determinada.

Na prática, os 10 conselheiros de Petrópolis, que tinham mandato até 29 de maio do ano que vem, permanecerão nos cargos até 09 de janeiro de 2016, um dia antes da posse dos conselheiros que serão eleitos. O primeiro pleito definido pela lei federal 12.696/2012 acontece dia 04 de outubro de 2015.

fonte: Diário de Petrópolis
Leia mais...

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

TRE adia para segunda-feira a votação sobre a cassação de Pezão



O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) adiou para segunda-feira a votação sobre o suposto uso eleitoreiro do programa Gabinete Itinerante, do governador reeleito Luiz Fernando Pezão (PMDB). O processo estava na pauta de hoje (26), mas acabou não sendo votada.

Até agora, o relator do processo, corregedor eleitoral Alexandre de Carvalho Mesquita, votou por cassação, inelegibilidade e aplicação de multa a Pezão, por entender que o governador se utilizou do Gabinete Itinerante para "alavancar seu nome junto ao eleitorado mais humilde".

Já os magistrados Fábio Uchoa e Flavio Willeman divergiram, sob o argumento de que o programa era uma "atividade normal de governo".

fonte: blog de política Extra, Extra
Leia mais...

PR, PRB e PCdoB oficializam bloco na Assembleia



Deputados estaduais eleitos e reeleitos do PR, do PRB e do PCdoB se reuniram, na tarde desta quarta-feira (26), para criar oficialmente o bloco que caminhará junto na eleição para a presidência da Assembleia Legislativa.

O encontro contou com a presença do deputado eleito Benedito Alves, que é do PMDB, mas ligado ao senador Marcelo Crivella - e, portanto, segue a orientação do PRB.

Para onde um for, todos irão.

No total, são 13 parlamentares (oito do PR, três do PRB, uma do PCdoB e um do PMDB).

fonte: blog de política Extra, Extra
Leia mais...

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Prefeito de Arraial do Cabo tem cassação mantida e vai apelar ao TSE



O prefeito de Arraial do Cabo, Wanderson Cardoso de Brito, o Andinho (PMDB), e o vice, Reginaldo Mendes Leite (PT), até tentaram recorrer, mas foram cassados por abuso de poder político pelo plenário do TRE-RJ, na noite desta segunda-feira (24).

A Corte, que também manteve a inelegibilidade do prefeito por oito anos, confirmou a decisão da juíza da 146ª Zona Eleitoral, em julho deste ano.

O Tribunal entendeu que o prefeito praticou cometeu irregularidade ao entregar, em 2012, certidões e carnês de IPTU a moradores de bairros carentes, levando-os a acreditar que estariam regularizando a posse dos imóveis em que viviam.

Andinho e Reginaldo vão, agora, recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral.

De acordo com o TRE, a saída do prefeito de Arraial do Cabo não é imediata, uma vez que o tribunal ainda vai oficiar a Câmara após o julgamento de eventuais embargos de declaração.

Leia mais...

Procuradoria pede cassação de Paulo Melo por acusação de compra de votos



A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) entrou com uma representação contra o deputado, acusando-o de ter pagado eleitores do município de Queimados, na Baixada Fluminense, para que votassem nele.

De acordo com o TRE, fiscais flagraram, em 5 de outubro, dois eleitores recebendo pagamento de R$ 50 por votarem em Paulo Melo. Para agravar, encontraram uma lista com dados pessoais de cerca 150 pessoas na casa de um cabo eleitoral do parlamentar.

“A existência de verdadeiro comitê na residência do cabo eleitoral, juntamente com a listagem apreendida, bem como a comprovação de promessa de pagamento em dinheiro, são elementos que demonstram de maneira irrefutável o ilícito eleitoral”, declarou a procuradora regional eleitoral substituta Adriana Farias.

Paulo Melo afirmou que tomou conhecimento da acusação através da imprensa e ainda não foi notificado pelo MP eleitoral.

Leia mais...

ME ADOTA?


Mary Rodrigues publicou em sua página no facebook um pedido de adoção para essa linda cadelinha abandonada na Coronel Veiga e amparada por um casal, para ver o anuncio original entre AQUI


Leia mais...

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

EXEMPLO: Fla-Petrópolis tenta ajudar banco de sangue do Hospital Santa Teresa



Torcedores do Flamengo estão organizando uma campanha para doação de sangue.  Do dia 05 de dezembro ao dia 5 de janeiro, a torcida FLA PETRÓPOLIS realiza a maior campanha de doação sangue da cidade, na ultima foram mais de mil participantes e a busca nessa campanha é por mil e quinhentos doadores.  ” Não somos torcida organizada, somos um grupo na rede social facebook e uma família.  ’’ Declarou Luiz Claudio Joras um dos organizadores do movimento.

Esta é 4º campanha tendo como idealizadores a BotaChopp.  “Lutamos para ajudar o banco de sangue do Hospital Santa Teresa através da amiga Márcia que corre muito atrás e vemos a sua luta para ajudar as pessoas que precisam da doação. A FLA PETRÓPOLIS AGRADECE E PEDE A TODOS QUE NOS AJUDEM NESSA CAMPANHA, QUE NÃO TEM RIVALIDADE E ABRAÇA TODOS OS DOADORES.  ’’ Complementou Joras.

Para realizar a doação basta pesar mais 50 kg e estar em boas condições de saúde. O voluntário deve levar também um documento de identificação com foto. Não é necessário estar de jejum, basta não ter ingerido comidas gordurosas nas últimas quatro horas que antecedem a doação.

O HST fica na Rua Paulino Afonso, nº 477 e funciona de domingo a domingo, das 7h às 18h.

Mais informações sobre a coleta, e os cuidados para poder se tornar um voluntários podem ser encontrados pelo telefone: (24) 2245-2324.











Leia mais...

Liderado por Guédon, mais um partido é fundado em Petrópolis



Rogério Tosta: Com o objetivo de disputar as eleições municipais com um partido que tenha como princípio a Doutrina Social Cristã, 170 pessoas, representando 11 estados, estão fundando o partido Participação, com o número 88. A iniciativa partiu da vontade de militantes políticos que deixaram o PHS, entre eles, Philippe Guédon, depois que o partido tomou um rumo contrário aos ideais de sua fundação. 

A liderança deste movimento, mais uma vez, foi dada a Philippe Guédon, que há muito tempo defende a criação de um partido pautado na Doutrina Social Cristã e fez isto com o PHS até sofrer um golpe interno que alterou o estatuto e elegeu um novo comando nacional. “Muitos que estavam neste partido se sentiram traídos e, como eu, deixaram o PHS. O caminho a ser tomado, inicialmente, era entrar para outra sigla partidária, mas as que existem não nos agradou, por isso, mais uma vez, vamos tentar criar um partido”, comentou Guédon. 

Na sua opinião, os partidos existentes, na sua maioria, foram organizados para tirar vantagem, receber verba e utilizar o programa gratuito nas TVs abertas e com isso acabam negociando tudo, principalmente nos períodos eleitorais. Ainda segundo análise de Guedon, a criação da Participação será feita enquanto o Conselho Nacional não alterar a legislação. Ele lembra que os deputados e senadores podem ressuscitar a cláusula de barreira, o que acabaria com os pequenos partidos. 

“Sobre isto é importante frisar que os maiores casos de corrupção no país, como estamos vendo, como o caso da Petrobras, não são realizados pelos pequenos partidos, mas sim pelos grandes”, frisou Guédon. 

Guedon disse que o momento agora é de coletar as assinaturas de apoio à criação do PAR e para isso não precisa a pessoa se filiar, basta assinar o documento de apoio. De acordo com ele, no momento é necessário conquistar cerca de 520 mil assinaturas em, pelo menos, nove estados. “Vamos fazer este trabalho com a militância nos onze estados que temos apoio e nossa pretensão é que possamos conseguir o registro até dezembro de 2015 para participar das eleições municipais”, comentou Guédon.

Fonte: jornal Tribuna de Petrópolis
Leia mais...

domingo, 23 de novembro de 2014

Petrópolis pode receber até R$ 369 milhões em verbas



O deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) apresentou mais de R$ 369,3 milhões em emen¬das ao orçamento 2015 do Estado, destinando, para Petrópolis, recursos e programas. As propostas prevêem liberação de R$ 66,3 milhões para melhorias na Saúde e R$ 19,8 milhões para a Educação. O parlamentar também solicitou cerca de R$ 22 mi para a instalação de projetos estruturantes e ações pontuais em áreas como saúde, educação e habitação. O deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) apresentou mais de R$ 369,3 milhões em emendas ao orçamento 2015 do Estado prevendo, para Petrópolis, recursos e programas. O orçamento do próximo ano está calculado em R$ 81,9 bilhões. As emendas serão votadas pela Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e depois vão a plenário na primeira semana de dezembro.

- Pelo menos R$ 10,9 bilhões do orçamento são destinados para investimentos. As emendas propostas são justamente para indicar que estes recursos sejam aplicados em serviços essenciais e em programas que alavanquem a economia de nossa cidade - aponta Bernardo Rossi, defendendo ainda a importância de assinalar as propostas.

- As emendas que apresentei ao orçamento deste ano garantiram a UERJ em Petrópolis, as 500 bolsas na UCP, ambulâncias, ônibus escolares, a regularização fundiária para quatro mil famílias e até mesmo o aluguel social para vítimas das chuvas - aponta.

A saúde é um dos segmentos focados por Bernardo Rossi na apresentação de emendas: R$ 66,3 milhões para a construção de oito clínicas da família, um centro de recuperação de dependentes químicos, quatro ambulâncias, o hospital da mulher e um hemocentro. Há ainda emendas destinando verbas para a compra de equipamentos como ultrassom e mamógrafo, além de leitos hospitalares.
Reforma e reequipagem de escolas estaduais e a ampliação da unidade da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) incluindo cursos profissionalizantes em hotelaria e gastronomia fazem parte da série de emendas no setor de Educação apresentadas por Bernardo.

- São 9,3 milhões além de mais R$ 10,5 milhões para garantir mais bolsas de ensino superior na UCP e a consolidação da UERJ em nossa cidade - afirma. Os jovens estão contemplados ainda com emendas para a construção de quadras esportivas e praças da juventude que totalizam R$ 5,8 milhões em emendas ao orçamento.

Regularização fundiária e reforma de conjuntos habitacionais

A reserva de R$ 4,9 milhões no orçamento 2015 do Estado foi proposta em emenda por Bernardo Rossi para garantir a continuidade do programa de regularização fundiária em 11 comunidades. O parlamentar petropolitano também quer que o Estado destine mais R$ 20 milhões para a reforma de cinco conjuntos habitacionais.

- O projeto de regularização fundiária em nossa cidade já entregou títulos de propriedade de imóveis a quatro mil famílias e a reforma de BNHs já foi concluída em quatro conjuntos habitacionais. Juntos, os programas já beneficiaram 40 mil pessoas e queremos, por meio de emendas ao orçamento, que eles continuem e sejam ampliados alcançando ainda mais petropolitanos - afirma Bernardo Rossi.

Emendas englobam saúde e agricultura nos distritos

Para os distritos, especificamente, Bernardo listou uma série de ações que o Estado deve desenvolver tomando como recursos as emendas que apresentou ao orçamento 2015: Farmácia Popular de Itaipava (R$ 3 milhões), duplicação da ponte do Aranha-Ceú (duplicação da Ponte de Bonsucesso (R$ 2,1 milhões), duplicação da ponte de Manga Larga (R$ 2 milhões), UPA de Itaipava (R$ 3 milhões), revitalização urbana de Itaipava (R$ 4 milhões), recuperação e manutenção de estradas vicinais para escoamento da produção agrícola no Bonfim, Brejal e Posse (R$ 2,5 milhões) e preservação de microbacias e nascentes do Bonfim, Itaipava, Secretário, Taquaril (R$ 3,6 milhões).

Turismo também recebeu emendas ao orçamento

Para Bernardo Rossi também são importantes emendas para obras estruturais que direta e indiretamente vão atender ao setor de turismo na cidade como a instalação de um Centro de Convenções (R$ 3 milhões) e de Centros de Atendimento ao Turista em Itaipava e Petrópolis (R$ 750 mil).

- Também inclui emenda para garantir a urbanização do Polo de Moda do Bingen (R$ 6 milhões) e ainda verbas para a conclusão das obras do Centro Histórico, que já tem o compromisso do governo estadual de apoiar a prefeitura via Prodetur. Também inclui no rol de emendas R$ 12,5 milhões para reurbanização da Rua Teresa ainda que o empresariado não tenha se definido pela intervenção. A intenção é garantir todo o investimento que for possível para esta área fundamental para a economia da cidade - defende Bernardo Rossi.

Prevenção a desastres

Bernardo Rossi incluiu seis municípios da Região Serrana – Petrópolis, Teresópolis, Friburgo, Areal, São José do Vale do Rio Preto e Sumidouro – para receberem recursos na ordem de R$ 15 milhões em forma de sistema de alerta e alarme em caso de mudanças climáticas como chuvas fortes que acarretem em riscos à população. Em Petrópolis, o deputado previu ainda mais de R$ 22 milhões para a implantação de um centro de monitoramento nos moldes do que foi instalado na capital há quatro anos.

- Ainda que o setor de Defesa Civil tenha avançado muito em ações pontuais do executivo e em legislação, todo investimento é necessário, em especial na Região Serrana. As emendas prevêem ainda aquisição de veículos e equipamentos - aponta Bernardo Rossi. O deputado também indica que o estado promova o reflorestamento, com emenda de R$ 15 milhões, da área de 5,5 mil hectares consumida por queimadas em outubro deste ano, sobretudo nos distritos.

Orçamento para 2015 prevê mais investimentos em Educação e Saúde

Calculado em R$ 81,9 bilhões, o orçamento do Estado para 2015 aplicará mais verbas nos setores de segurança pública, com R$ 10,1 bilhões; educação, com R$ 10,6 bilhões e saúde, com R$ 6,1 bilhões. Essas áreas tiveram um aumento no orçamento, comparado à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2014: serão destinados 13% a mais para a área de saúde, 11% para a segurança pública e 10% para a educação. De acordo com a secretaria estadual de Planejamento, entre 2006 e 2013, o governo aumentou 565,5% o investimento no estado.

Mesmo sendo o primeiro ano de uma nova gestão, o orçamento prevê investimentos de R$ 10,9 bilhões. Esses recursos virão do Tesouro Estadual; da parceria com o governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC); e da contratação de financiamentos e empréstimos com organismos internacionais e instituições financeiras federais, em decorrência da abertura de espaço fiscal trabalhado pelo governo do Estado desde 2007.

Os R$ 10,9 bilhões que o Estado vai investir em 2015 farão frente aos compromissos assumidos pelo atual governo para continuar proporcionando o desenvolvimento econômico e social que vem se verificando nos últimos anos. O valor mostra também que o Estado do Rio de Janeiro mais que dobrou seu percentual de investimentos sobre a receita corrente líquida nos últimos oito anos, de 5,29% em 2007 para 14,19%, em 2013, com destaque para 2010, quando chegou a 14,96%. No Projeto da LOA para 2015, a arrecadação do ICMS, principal imposto estadual, está estimada em R$ 36,7 bilhões. Já as receitas de royalties e participação especial serão de R$ 9 bilhões.

NÚMEROS

VERBAS PREVISTAS

R$ 66,3 milhões
Saúde

19,8 milhões
Educação

R$ 4,9 milhões
regularização fundiária

R$ 20 milhões
reforma de conjuntos habitacionais

18,5 milhões
Reurbanização Rua Teresa e Bingen

R$ 22 milhões
implantação de um centro de monitoramento

R$ 15 milhões
Reflorestamento hectares destruídos nas queimadas

: Farmácia Popular de Itaipava (R$ 3 milhões), duplicação da ponte do Aranha-Ceú (duplicação da Ponte de Bonsucesso (R$ 2,1 milhões), duplicação da ponte de Manga Larga (R$ 2 milhões), UPA de Itaipava (R$ 3 milhões), revitalização urbana de Itaipava (R$ 4 milhões), recuperação e manutenção de estradas vicinais para escoamento da produção agrícola no Bonfim, Brejal e Posse (R$ 2,5 milhões) e preservação de microbacias e nascentes do Bonfim, Itaipava, Secretário, Taquaril (R$ 3,6 milhões).

instalação de um Centro de Convenções (R$ 3 milhões) e de Centros de Atendimento ao Turista em Itaipava e Petrópolis (R$ 750 mil).
urbanização do Polo de Moda do Bingen (R$ 6 milhões) governo estadual de apoiar emendas R$ 12,5 milhões para reurbanização da Rua Teresa hectares consumida por queimadas
Leia mais...

Câmara vai homenagear 29 empresas que se destacaram em 2014


Prêmio Destaque Empresarial visa estimular o empreendedorismo

Com o objetivo de valorizar as empresas que se destacaram durante este  ano e  estimular o empreendedorismo em prol do desenvolvimento da cidade, a Câmara de Vereadores realiza quinta-feira (27), às 19h, a solenidade de entrega do prêmio Destaque Empresarial 2014. Em sua oitava edição, a homenagem será concedida a 29 empresas de diferentes segmentos, entre os quais os setores alimentícios, de saúde, de comércio e de serviços.

- Além de reconhecer o importante trabalho das empresas, que geram empregos, movimentam a economia e contribuem para aumento da arrecadação do município, esta premiação foi criada para fomentar o empreendedorismo. Incentivar esta prática é uma forma de a Câmara de Vereadores, contribuir efetivamente para o crescimento da nossa cidade - afirma o presidente do legislativo, Paulo Igor (PMDB).

Estudo recente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) mostra o potencial das cidades da Região Serrana. O estudo identifica uma rota do crescimento do estado, num panorama de interiorização dos investimentos. 

- O destaque de Petrópolis no turismo, dentro deste estudo da Firjan, é muito significativo, pois este é um setor que alavanca a economia. O turismo movimenta não só as empresas diretamente ligadas a ele, mas também o comércio e os setores de serviços. Toda iniciativa de apoio e estimulo ao empresariado da nossa cidade é importante - destaca Paulo Igor.

O presidente da Câmara lembra que cada um dos 14 vereadores pode conceder a premiação a até duas empresas.

- Muito vem sendo feito, mas ainda são necessários mais incentivos para estimular os empresários, fomentar o crescimento das empresas que atuam na cidade, bem como, para que seja possível atrair outras empresas para Petrópolis. Esta premiação é uma forma desta Casa reconhecer e valorizar as empresas da nossa cidade - diz

Via Diário de Petrópolis
Leia mais...

sábado, 22 de novembro de 2014

PETRÓPOLIS / Oi lidera, mas Leader sobe muito no ranking de reclamações



Rômulo Barroso: A empresa de telefonia Telemar (Oi) é a que recebeu mais reclamações de consumidores até aqui em 2014. De acordo com o Serviço de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Petrópolis), até essa semana foram registrados 610 queixas contra a operadora. Até o momento, ela lidera o ranking que terminou com ela à frente também no ano passado.

De acordo com o Procon, os motivos de reclamações são: contestação de faturas, demora na transferência e instalação de linha telefônica, problemas relativos a internet, interrupção indevida, entre outros.  A empresa segue na primeira colocação, mas com um ritmo menor de protestos – em 2013 foram 928 comunicações ao Procon e, até agora, tem quase 1/3 a menos.

Em compensação, o setor de telefonia é o que chama mais atenção. Entre as 10 primeiras, há três empresas do ramo que não satisfazem completamente os clientes: além da Telemar (Oi), aparecem a operadora Claro em terceiro (183 reclamações) e a Vivo, em 10° (51).

Índice de queixas é menor em 2014: foram 2.556 entre as 10 empresas mais reclamadas em 2013 e 1.678 até aqui

Outro setor que chama atenção é o bancário. Apesar de menos instituições figurarem entre as 10 primeiras, Bradesco e Itaú seguem com altos índices de reclamações: o Bradesco é segundo lugar, com 194, enquanto o Itaú vem em quarto, com 146. Os principais problemas que os clientes relatam são negociação de cartão de crédito, contestação de seguros não contratação e compras desconhecidas. Mas as duas também estão com ritmo mais leve de reclamações e foram acionadas bem menos vezes que há um ano (acima de 20% inferior).

De acordo com o Procon, o índice de resolução dos casos chega a 70%, enquanto 30% dos problemas precisam ser encaminhados ao Poder Judiciário.

Leader

O índice que mais sobressaiu em 2014 foram as queixas contra a loja Leader. Em 2013, a empresa não foi nem uma das 10 que mais causaram problemas aos clientes. Agora, o índice de reclamações aumentou quase 40% e saíram de 76 para 124 até aqui – e, por isso, subiu para o quinto lugar. O motivo é a cobrança indevida de diversos serviços que o consumidor não deseja adquirir, como Club Saúde, Aquisição Super Premiada, Aquisição Dental Light; Escola 24h; Título de Capitalização e outros.

Foi com base nisso que o Procon fez uma notificação à empresa no final de outubro. Como a resposta da Leader não foi considerada satisfatória, o órgão de defesa do consumidor entregou um Auto de Infração com objetivo de Instaurar Procedimento Administrativo contra a loja, que tem até hoje para responder.

– O Procon Municipal está à disposição dos petropolitanos que porventura tenham quaisquer dúvidas relativas às relações de consumo. O Governo Municipal está atento e fiscalizando todos os problemas que possam afetar diretamente os consumidores – afirma o coordenador do Procon Petrópolis, Thiago Gibrail.

Ainda em relação às lojas de departamento, segundo o Procon, os consumidores relatam demora na entrega do produto adquirido. Por isso, as Casas Bahia é sétimo, com 98 reclamações.

Pronunciamento das empresas

O Diário tentou contato com as empresas citadas no ranking das 10 mais reclamadas junto ao Procon Petrópolis. Veja como elas se defendem dos problemas relatados pelos clientes.

A Oi/Telemar informou que “está priorizando investimentos em suas redes de telecomunicações, com foco no tripé Operações, Engenharia e TI, para melhoria da qualidade do serviço aos clientes em todo o país. A Oi acrescenta que vem registrando avanços importantes nos indicadores da companhia, assegurando o acesso às novas tecnologias por parte de seus clientes e buscando melhorias na qualidade no atendimento e na prestação de serviços, considerados prioridades estratégicas para a companhia”.

O banco Bradesco afirmou que “desenvolve um programa intensivo de revisão de processos e sistemas, aliado ao desenvolvimento de programas de formação e aperfeiçoamento do quadro de funcionários da sua extensa rede de agências, sempre procurando aumentar o nível de satisfação de seus clientes”.

Para a Claro, “a excelência dos serviços prestados e a qualidade no atendimento aos seus mais de 69 milhões de clientes são prioridades que norteiam os negócios da empresa.

Nos últimos anos, uma série de melhorias foram empregadas com base na revisão dos principais processos de atendimento relacionados aos assuntos mais demandados pelos usuários. Além disso, diversas tecnologias foram empregadas no sentido de diversificar as formas de atender, oferecendo mais comodidade e simplicidade para a resolução dos chamados.

Ainda que a quantidade de reclamações em relação ao número de clientes seja baixa, a Claro reforça o seu compromisso em reduzir os índices e ampliar a resolutividade em seus canais de atendimento, evitando que os consumidores necessitem recorrer aos órgãos de defesa.

Atualmente, a operadora apresenta o melhor resultado no portal Consumidor.Gov, implantado neste ano pela SENACON. O índice de resolutividade da empresa está em torno de 85%, com 100% de respostas no prazo estabelecido.

A Claro terá investido, de 2012 até 2014, R$ 6,3 bilhões em infraestrutura, a fim de proporcionar a melhor experiência em telefonia móvel aos seus clientes”.

Já a Ampla “responde às solicitações do Procon de Petrópolis por telefone ou, quando devidamente formalizadas, por meio da elaboração de defesa escrita. Preventivamente, sempre que necessário, a distribuidora, através de profissionais lotados no próprio município, visita periodicamente o órgão, oportunidade em que reiteram a sua disponibilidade para contato, como também, com os telefones da Ouvidoria do Cliente em Niterói.

A Concessionária esclarece, ainda, que atende aproximadamente 141 mil consumidores no município de Petrópolis e que, em determinadas situações, as reclamações sobre o atendimento da Ampla referem-se a prestação de informação e ou orientação ao usuário”.

FALTA RESPOSTA DAS ASSESSORIAS

NÚMEROS



Reclamações no Procon



1) Telemar Norte Leste S.A (Oi)

610 reclamações

2) Banco Bradesco S.A

194 reclamações

3) Claro S.A

183 reclamações

4) Banco Itaú S.A

146 reclamações

5) União de Lojas Leader S.A (Leader)

124 reclamações

6) Sky Brasil Serviços Ltda

99 reclamações

7) Nova Casa Bahia S.A (Casas Bahia)

98 reclamações

8) Ampla Energia e Serviços S.A

97 reclamações

9) Tech Cable do Brasil Sistemas de Telecomunicações Ltda

76 reclamações

10) Vivo S.A

51 reclamações

Matéria do jornal Diário de Petrópolis
Leia mais...

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Comissão é impedida de vistoriar o aterro sanitário de Pedro do Rio



O presidente da Câmara Municipal, Paulo Igor (PMDB), anunciou ontem que vai acionar a Justiça para garantir aos vereadores “o direito de fiscalizar a Prefeitura”. A nova polêmica começou ontem de manhã, quando um vereador da Comissão de Meio Ambiente da Câmara, em companhia de dois representantes do Conselho Municipal de Meio Ambiente tentaram fazer uma vistoria no aterro sanitário de Pedro do Rio e foram impedidos de entrar. Em nota distribuída à tarde, a Prefeitura atribuiu ao vereador que foi impedido de entrar no aterro a intenção de “desviar a atenção da opinião pública em relação à sua omissão, já que ele foi presidente da Comdep na gestão anterior e não cumpriu as exigências do Inea para o devido funcionamento do aterro”. A nota lembra que, o Inea não deu licença para o aterro, quando o vereador era responsável por seu funcionamento, “ocasionando graves problemas para o município”. 

A visita, motivada pela denúncia de que não estaria havendo tratamento adequado do chorume – líquido resultante do lixo – teria sido comunicada, por escrito ao governo municipal. Ontem, os visitantes encontraram quatro viaturas da Guarda Civil, com 11 agentes,comandados pelo secretário municipal de Segurança Pública, coronel Calixto Barbosa, que não autorizaram a vistoria. Paulo Igor contou que o vereador impedido de entrar ligou para o presidente da Comdep, Hélio Dias, que afirmou que a visita somente poderia ser autorizada se o grupo fosse acompanhado por um representante do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão responsável pela fiscalização do aterro. De acordo com os vereadores, o aterro é municipal, o terreno é do município e não importa se há uma empresa administrando, cabe ao vereador por dispositivo legal fiscalizar.

Para os vereadores Silmar Fortes e Gilda Beatriz, ambos do PMDB, a postura tomada pela Prefeitura foi arbitrária. 

A nota da Prefeitura 

“A Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) informa que o aterro de Pedro do Rio, que é administrado por empresa terceirizada, está devidamente licenciado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), a quem cabe o monitoramento e a fiscalização do funcionamento do espaço. A empresa, com o acompanhamento do município e do próprio Conselho Municipal do Meio Ambiente (por meio de seu presidente), vem cumprindo rigorosamente todas as exigências previstas na licença de operação concedida pelo órgão. “Os avanços devem ser comprovados não apenas com documentação apresentada periodicamente ao Inea, como tambémpormeiodevistorias realizadas por equipe do instituto. “Diante dos fatos, fica clara a tentativa, por parte do vereador, de tentar desviar a atenção da opinião pública em relação à sua omissão, já que ele foi presidente da Comdep na gestão anterior e não cumpriu as exigências do Inea para o devido funcionamento do aterro. Isso levou o instituto a não conceder a licença de operação em 2012, ocasionando graves problemas ao município. Essas irregularidades, entre elas graves crimes ambientais, foram inclusive apuradas pela CPI do Lixo e denunciadas às autoridades competentes. Ele busca, assim, desqualificar tudo o que o atual governo fez no espaço. Se, de fato, ele quer fiscalização, deve questionar ao Inea o porquê da concessão da licença de operação. Vamos continuar trabalhando de forma séria, cumprindo todas as exigências previstas na licença de operação. Ele quer lançar uma cortina de fumaça à frente da população, confundindo a opinião pública. Não vamos permitir. Todos têm que saber a verdade”, garantiu o presidente da Comdep, Hélio Dias Vieira.”


ROGERIO TOSTA 
Redação Tribuna de Petrópolis
Leia mais...

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Audiência pública vai debater orçamento para 2015

Paulo Igor convida população a acompanhar a defesa de emendas a LOA no plenário


Propostas de emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) podem ser protocoladas na secretaria legislativa da Câmara de Vereadores até às 18h30 desta quarta-feira (19). Até o momento, 19 emendas foram propostas por vereadores e serão analisadas pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara. Imediatamente após o fim do prazo para a inclusão de emendas, as mesmas serão defendidas pelos parlamentares em audiência pública no plenário da Casa. Com receita estimada em R$ 806.148.480,00, o orçamento do município para 2015 será 7% maior do que o deste ano, que foi de R$ 753 milhões. A audiência pública será transmitida ao vivo pela TV Câmara (canal 97- Tech Cable) e pela internet (www.cmp.rj.gov.br).

“A população deve acompanhar as discussões sobre a LOA, pois este é o projeto mais importante que temos na Câmara. É o que mais interfere no dia a dia das pessoas, pois ele define em que áreas serão investidos os recursos do município no ano seguinte. A Comissão de Finanças e Orçamento, assim como todos os demais vereadores, está analisando cuidadosamente a LOA e também as propostas de emendas que serão debatidas e defendidas na audiência pública. Queremos que a população acompanhe e participe desta discussão. Isso é importante para que possamos votar um orçamento que seja bom para a cidade e que atenda as necessidades dos petropolitanos”, defende o presidente da Câmara, Paulo Igor (PMDB).

Entre as emendas apresentadas está a destinação de R$ 200 mil à Secretaria de Obras para a construção de gavetas nos cemitérios públicos municipais. As emendas podem acrescentar ainda R$ 800 mil para serviços de drenagem e desassoreamento de rios; R$ 700 mil para a Secretaria de Segurança Pública, sendo R$ 200 mil para a aquisição de fardamento e equipamentos para a Guarda Civil; R$ 500 mil para a área de Saúde e igual valor para investimentos em educação; R$ 300 mil para a Secretaria de Meio Ambiente, sendo R$ 200 mil destes destinados à Coordenadoria de Bem Estar Animal; R$ 184 mil à Secretaria de Trabalho e Assistência Social, para a implantação da Central de Intérpretes de Libras (linguagem de sinais usada por deficientes auditivos) e R$ 206 mil à Secretaria de Esporte e Lazer. Algumas emendas, no entanto, poderão ser alteradas em função do projeto substitutivo apresentado pelo Executivo no dia 3.

Após a defesa de propostas em audiência pública, as emendas apresentadas serão analisadas pela Comissão de Finanças e Orçamento, que terá até o dia 29 para emitir um parecer. “A intenção da Comissão é aproveitar todas as propostas de emendas que nos forem encaminhadas. Isso será feito, desde que elas atendam os requisitos legais”, explica o presidente da Comissão, vereador Marcos Montanha.

O parecer da Comissão será levado à primeira votação no início do mês de dezembro. A previsão é de que até o dia 15 o parecer da Comissão seja votado em segunda discussão pelos vereadores.

O projeto da LOA está à disposição para consulta na secretaria legislativa da Câmara de Vereadores e também no site da Câmara de Vereadores, pelo endereço eletrônico www.cmp.rj.gov.br .

Ascom/foto:divulgação
Leia mais...

Exposição Itinerante sobre Gravidez na Adolescência chega a Corrêas



A Exposição Itinerante 280 dias: Adolescência e Gravidez foi aberta pelo prefeito Rubens Bomtempo, na tarde desta segunda-feira (17/11), na Escola Municipal Hercília Moreti, em Corrêas. A ideia é aproximar o tema dos moradores das comunidades, estimulando a reflexão e levando informações diretamente aos jovens e seus familiares. A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura - por meio das secretarias de Educação, Saúde e Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) - o Conselho Municipal dos Direitos da Criança (CMDCA) e a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase/FMP).

O  prefeito Rubens Bomtempo abriu a exposição destacando a importância de levar as famílias dos adolescentes a conhecerem a exposição.

- Com esse apoio, a perspectiva deles pode mudar. A família tem que estar sempre ao lado para que possam superar esse momento - disse Bomtempo.

Duas estudantes da unidade de ensino foram capacitadas como monitores e acompanham os visitantes durante a exposição, tirando dúvidas e sendo multiplicadores. A mostra foi baseada em um estudo sobre gravidez entre as jovens petropolitanas, fruto de uma parceria entre a FMP/Fase e o Ministério da Saúde, através do PET Saúde II – Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde – e compreendeu dados qualitativos sobre o tema em Petrópolis, onde foram entrevistadas adolescentes grávidas ou no período de até 42 dias após o parto (puerpério), e jovens mães com idade até 24 anos, grávidas na adolescência.

Em Petrópolis, o número de adolescentes grávidas vem caindo gradativamente. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, em 2001, 24,33% das gestantes eram adolescentes entre 10 e 20 anos. Uma década depois, em 2011 esse percentual caiu 19,89%. O número continua caindo e o ano de 2013 foi fechado com percentual de 16%”.
Leia mais...