quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Ibope Rio: Pezão tem 31%, Garotinho registra 24% e Crivella, 16%


Pesquisa eleitoral divulgada nesta terça-feira (30) pelo Ibope aponta que o atual governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) aparece com 31% das intenções de voto na disputa pelo governo do Rio de Janeiro. Em seguida, no levantamento, vem o deputado federal Anthony Garotinho (PR), com 24%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Na sequência, aparecem o senador Marcelo Crivella (PRB), com 16%, e Lindberg Farias (PT), com 9%. Na quinta colocação, o candidato Tarcísio Motta (PSOL) soma 1% das intenções de voto, mesmo percentual de Dayse Oliveira (PSTU). Ney Nunes (PCB) não pontuou. Os votos em branco ou nulos somam 12%, e 6% não souberam informar ou não responderam.

Ibope / TV GloboPesquisa do dia 30/09/2014, realizada entre os dias 25 e 30/09/2014;
Registro nº: RJ-00048/2014; Amostra: 2.002; Margem de erro: +-2 pontos percentuais. Exibir margem de erro

O Ibope ouviu 2.002 eleitores, entre os dias 25 e 30 de setembro. A pesquisa, encomendada pela TV Globo, foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número RJ-00048/2014 e custou R$ 133.933,80.

No levantamento do instituto divulgado no último dia 23, Pezão apareceu pela primeira vez numericamente à frente de Garotinho, com 29% das intenções de voto contra 26%. Por conta da margem de erro, os dois candidatos estavam tecnicamente empatados.

Pesquisa do dia 30/09/2014, realizada entre os dias 25 e 30/09/2014; Registro nº: RJ-00048/2014; Amostra: 2.002; Margem de erro: +-2 pontos percentuais.
Segundo turno

O Ibope avaliou três cenários de uma possível disputa no segundo turno. Se o cenário fosse entre Garotinho e Pezão, o atual governador do Estado teria 46% dos votos, contra 31% para Garotinho. Nesse caso, 17% dos entrevistados votariam branco ou nulo, e 6% não souberam ou não responderam.

O instituto analisou um novo cenário: Pezão e Crivella. Concorrendo com o candidato do PRB, Pezão teria 43% contra 32% de Crivella. Brancos ou nulos seriam 17%, e 8% não sabem ou não quiseram responder.

Na disputa entre Garotinho e Crivella, o senador do PRB teria 37%, enquanto o candidato do PR teria 32% das intenções de voto. Brancos e nulos seriam 23%, e 7% não sabem ou não responderam.

Rejeição
Segundo a pesquisa, Garotinho tem a maior rejeição entre os eleitores: 40% dos entrevistados não votariam nele de jeito nenhum. Lindberg têm taxa de rejeição de 20%, seguido por Pezão, com 16%. A rejeição a Crivella é 14%.

Ney Nunes tem 11% de rejeição, seguido por Dayse Oliveira, com 10%. O candidato com a menor rejeição é Tarcísio Motta, com 9%. Já 17% dos entrevistados não sabem ou não opinaram, e 9% poderiam votar em todos os candidatos.
Leia mais...

Datafolha: Dilma tem 40% das intenções de voto; Marina, 25%; Aécio, 20%


Pesquisa divulgada ontem (30) pelo Datafolha sobre intenções de voto para a Presidência da República mostra Dilma Rousseff, que disputa a reeleição pelo PT, à frente, com 40% das preferências do eleitorado, e diminuição da diferença entre os candidatos do PSB, Marina Silva, e do PSDB, Aécio Neves, que buscam o segundo lugar. Agora, Marina tem 25% das intenções de voto e Aécio, 20%.

É o quarto levantamento seguido que aponta queda de Marina e também com variação positiva do candidato do PSDB. No início de setembro, Marina tinha 20 pontos de vantagem sobre Aécio. Já no levantamento divulgado no dia 26, a vantagem tinha caído para 9 pontos. Se considerados apenas os votos válidos, excluindo os votos branco ou nulos, Dilma tem 45%, Marina 28% e Aécio 22%.

Nas pesquisas sobre um provável segundo turno, a vantagem de Dilma sobre Marina aumentou. Agora são 8 pontos de diferença: a petista está com 49% e a candidata do PSB, com 41%. Na pesquisa anterior, as duas estavam empatadas tecnicamente, 47% a 43%, respectivamente. Em uma simulação entre Dilma e Aécio no segundo turno, a candidata do PT também fica à frente, com 50% das intenções de voto, enquanto Aécio fica com 41%.

O Datafolha ouviu 7.520 eleitores em 311 municípios ontem (29) e hoje. Com margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00905/2014.

Marcelo Brandão – ABr

Leia mais...

Justiça Eleitoral: confira o que fica proibido de quinta a domingo



Com a proximidade do primeiro turno das eleições no domingo (5), a Justiça Eleitoral tem algumas regras que não podem ser esquecidas por candidatos, partidos políticos e coligações.

Segundo a Lei Eleitoral, amanhã (2) é o último dia para a exibição da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. É também o prazo final para os candidatos fazerem reuniões públicas de campanha, comícios e para a utilização de aparelhagem de som fixa, entre as 8h e a meia-noite.

Quinta-feira também é a data limite para a realização de debates políticos na televisão ou no rádio. Debates iniciados no dia 2 podem se estender, no máximo, até as 7h do dia 3 de outubro. Também até amanhã, partidos políticos e coligações terão que indicar à Justiça Eleitoral o nome das pessoas autorizadas a expedir as credenciais dos fiscais e delegados de partido que estarão habilitados a acompanhar os trabalhos de votação.

Sexta-feira (3) será a data limite para que se faça a divulgação paga, na imprensa escrita, a reprodução na internet do jornal impresso, de propaganda eleitoral. Ainda nesta sexta-feira, os presidentes de mesa que não tiverem recebido o material destinado à votação deverão comunicar a falha ao juiz eleitoral.

No sábado (4), termina a propaganda eleitoral com uso de alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8h e as 22h. Carreatas, caminhadas, passeatas e a distribuição de material gráfico também só poderão ser feitos até as 22h deste sábado.

Desde terça-feira (30), até 48 horas depois do encerramento da votação, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou ainda por desrespeito a salvo-conduto. A proibição de prisão de candidatos está em vigor desde o último dia 20. No entanto, quem concorre a cargo eletivo pode ser detido ou preso em caso de flagrante delito.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, a competência para proibir a venda de bebidas alcoólicas no dia da votação é da Secretaria de Segurança Pública de cada estado, município ou do Distrito Federal.

Via Karine Melo - ABr
Leia mais...

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Eleitores têm de ficar atentos a regras para celulares e tablets durante votação


Enquanto estiver votando, eleitor deve deixar celular em um móvel próximo ao mesário responsável pela seção Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Em tempos de selfie e redes sociais, o eleitor tem de ficar atento às regras da Justiça Eleitoral para o uso de celulares, smartphones e tablets no dia do pleito. De acordo com a assessoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), enquanto estiver votando, o eleitor deve deixar o aparelho em um móvel, próximo aos colaboradores responsáveis pela seção eleitoral.

“Os mesários e o presidente de mesa estão orientados a determinar que o eleitor deixe os equipamentos eletrônicos que portar com o mesário”, informou a assessoria do TSE à Agência Brasil.
A legislação eleitoral proíbe o eleitor de “portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação, ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto”.

Ainda segundo a Justiça Eleitoral, o sigilo do voto também abrange ambientes virtuais e redes sociais, ou seja, é proibido publicar imagens ou fotos do voto e quem fizer isso pode sofrer sanções. Segundo o TSE, não haverá revista de eleitores, mas as pessoas que desrespeitarem a legislação estão sujeitas a até dois anos de detenção.

Para o pesquisador de ciência e tecnologia do departamento de sociologia da Universidade de Brasília (UnB) Marcello Barra, apesar do intenso ativismo de eleitores nas redes sociais, quem busca burlar a legislação presta um desserviço à nação. “A conquista do voto secreto é uma garantia da democracia. Qualquer meio que burle esse direito é um atentado à democracia”, resumiu.

Segundo ele, o caráter sigiloso impede que as pessoas fiquem vulneráveis ao assédio para mudança de voto. “A pessoa acha que está ajudando a militância, que está motivando outros a votar, mas, na verdade, ela está prejudicando o voto. O sigilo é uma garantia aos mais fracos”, completou.

Barra lembra que a popularização dos smartphones trouxe um incremento no número de pessoas que passaram a interagir na discussão política. Segundo o especialista, o uso da internet tem modificado a forma como as pessoas entendem e participam da vida política do país. “Eu venho acompanhando esse processo há muitos anos. Esses instrumentos estão se tornando cada vez mais importantes para a democracia. Cada um coloca a sua opinião de maneira direta, é cada vez mais democrático”, ponderou.

Segundo o TSE, caso os mesários flagrem algum eleitor fotografando o voto, a orientação é que o episódio seja registrado em ata, identificando o eleitor. Caberá ao juiz eleitoral comunicar o fato ao Ministério Público Eleitoral para instauração de inquérito.

Via Luciano Nascimento – ABr
Leia mais...

Greve: bancários iniciam paralisação por tempo indeterminado


Os bancários iniciam hoje paralisação por tempo indeterminado. A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Bancários de Petrópolis, após assembléia realizada no início da noite de ontem (29). A proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), na tentativa de evitar a greve, foi considerada “insuficiente, não somente do ponto de vista econômico, mas também porque ignora completamente as demais reivindicações da pauta de reivindicações da categoria”.

Entre as reivindicações dos bancários estão reajuste salarial de 12,5%, piso salarial de R$ 2.979,25, 14º salário, participação nos lucros e resultados de três salários mais parcela adicional de R$ 6.247, vales alimentação e refeição, cesta alimentação, 13ª cesta e auxílio-creche/babá de R$ 724 ao mês.

Ainda de acordo com o Sindicato dos Bancários, as outras demandas são: gratificação de caixa, no valor de R$ 1.042,74; gratificação de função equivalente a 70% do salário do cargo efetivo; e vale-cultura de R$ 112,50 para todos trabalhadores.

“Dependendo da assembleia
fecharemos todas as agências”
- Alexandre Eiras”

Há ainda reivindicações contra as “metas abusivas” e de combate ao assédio moral, bem como isonomia de direitos para afastados por motivo de saúde. Os funcionários dos bancos querem ainda a manutenção dos planos de saúde na aposentadoria, o fim das demissões e da rotatividade, além de contratações, proibição de dispensas imotivadas, aumento da inclusão bancária e combate às terceirizações.

Segundo Alexandre Eiras, diretor de Finanças do Sindicato, existe a possibilidade de 100% de adesão das agências bancárias.

- Dependendo do número de bancários na assembleia fecharemos todas as agências. Ao contrário será feito um revezamento – explicou eiras.

Na proposta apresentada pela Fenaban no último sábado (27), os bancos oferecem reajuste de 7,35% para salários e demais verbas salariais (ante os 7% propostos anteriormente). O valor, segundo a entidade, representa aumento real de 0,94% e de 8% para os pisos salariais (reajuste 1,55% acima da inflação).

Insatisfeito com a proposta apresentada pelos bancos, o Comando Nacional dos Bancários decidiu manter o calendário aprovado anteriormente, com greve por tempo indeterminado a partir de hoje.

Números

33
Agências

650
Bancários

6
Bancos

De acordo com informações fornecidas pela diretoria do Sindicato dos Bancários de Petrópolis, a Cidade Imperial conta atualmente com 650 bancários distribuídos em 33 agências de seis instituições financeiras: Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Itaú-Unibanco, Caixa Econômica Federal e HSBC.

Via Diário
Edson Cunha
Leia mais...

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

FEBRE MACULOSA CONFIRMADA EM PETRÓPOLIS


Amigos leitores, este assunto é de grande importância e não tem encontrado espaço nos veículos de comunicação da cidade. Um amigo entrou em contato para contar sobre a suspeita de estar com febre maculosa, doença que recentemente infectou seu pai e foi comprovada para o rapaz de 34 anos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vinculada ao Ministério da Saúde, a mais destacada instituição de ciência e tecnologia em saúde da América Latina. A febre maculosa é uma infecção aguda causada por uma bactéria, a Rickettsia rickettsii. O homem é infectado através da picada do carrapato que eventualmente carrega esta bactéria nas suas glândulas salivares.

Esta infecção não passa de uma pessoa doente para outra por contato físico nem contato com saliva, urina ou fezes. Sempre é necessária a picada do carrapato. A mortalidade pode chegar até 20% dos casos diagnosticados. 
Sintomas
A pessoa infectada pode desenvolver sintomas de 2 a 14 dias após a picada, em média, uma semana. Estes sintomas podem praticamente não existir ou serem muito fracos, o que dificulta o diagnóstico.
Nas pessoas que desenvolvem o quadro mais característico, a febre pode ser moderada a alta, chegando até 39 a 40 graus. Esta febre pode durar de 2 a 3 semanas e geralmente a pessoa tem que restringir as suas atividades, necessitando repouso no leito. É comum ter dor de cabeça intensa, dor no corpo, calafrios e edema dos olhos e conjuntivas.
Nos primeiros dias de febre pode aparecer a mácula, de onde vem o nome da doença. São lesões de pele, róseas, nos punhos e tornozelos, que progridem para o tronco e face e após, mãos e pés. Em 2 a 3 dias, estas lesões adquirem um certo volume e podem ser sentidas ao toque quando ficam de uma coloração mais forte. Após 4 dias podem ficar arroxeadas. Nas áreas de maior atrito, podem se unir e formar uma placa que se parece com um hematoma. Pode haver descamação nas áreas mais intensas. O local onde houve a picada pode formar uma úlcera necrótica semelhante à lesão de picada de aranha.
A doença pode evoluir para cura espontânea em 3 semanas. Porém nas formas mais graves, as lesões de pele são mais hemorrágicas podendo até ocorrer áreas de necrose nos dedos, nas orelhas, no palato mole e nos genitais. Podem ser acompanhados de sangramento de gengivas, do nariz, vômitos e tosse seca intensa. Os casos que necessitam de internação hospitalar são aqueles em que há um comprometimento sistêmico com pressão baixa, sangramento digestivo, desidratação e insuficiência ventilatória.
O diagnóstico diferencial se faz com outras doenças infecciosas que também se apresentam com lesões de pele e febre alta como febre tifóide, sarampo, rubéola, meningite meningocócica, leptospirose e malária.
É importante ressaltar que muitas pessoas podem ter esta infecção sem ou quase nenhuma lesão de pele ficando o diagnóstico muito difícil.
A mortalidade pode chegar até 20% dos casos diagnosticados.
Diagnóstico
O diagnóstico de certeza se faz através de exames laboratorial do sangue do doente, através de sorologia e cultura.
Tratamento
A maioria das pessoas tem um curso benigno que necessita só de medicações sintomáticas como analgésicos, antitérmicos, hidratação oral e repouso. Estima-se que estas pessoas não chegam a procurar atendimento médico e a infecção tem uma resolução espontânea em algumas semanas. Os casos mais graves, quando diagnosticados, devem receber antibióticos específicos e medidas de suporte, muitas vezes necessitando até de tratamento intensivo.
Prevenção
- Evitar contato com animais domésticos e silvestres em regiões reconhecidamente de alta incidência da doença.
- Se for necessário entrar em contato com animais vistoriar o corpo de 3 em 3 horas já que o carrapato necessita ficar aderido por mais de 4 horas para transmitir a infecção.
- Se necessitar andar em locais de vegetação alta, usar calças compridas e botas.
- Não esmagar o carrapato, já que a bactéria pode entrar em algum ferimento do homem.
- Usar carrapaticida em animais domésticos com a freqüência recomendada.
Curiosidade
Esta doença é a mesma conhecida nos Estados Unidos como Rocky Mountain Fever, ou, Febre das Montanhas Rochosas.



Leia mais...

domingo, 28 de setembro de 2014

Mais de 142 milhões de eleitores já podem consultar locais de votação


Os eleitores que não sabem onde vão votar no dia 5 de outubro já podem fazer uma consulta rápida no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A pesquisa pode ser feita a partir do nome completo do eleitor ou com o número do título eleitoral.

O site também informa onde pessoas que votarão no exterior ou solicitaram voto em trânsito deverão comparecer. Nesses casos a votação será só para o cargo de presidente da República. Para receber os votos em trânsito 216 seções foram criadas. Quem preferir também poderá fazer a consulta por meio de aplicativos que podem ser baixados gratuitamente emsmartphones que utilizam sistema iOS ou Android.

Segundo a Justiça Eleitoral, as seções no exterior funcionarão nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais onde existam serviços do governo brasileiro. As missões diplomáticas ou repartições consulares comunicarão aos eleitores votantes no exterior o horário e o local da votação. Apenas os eleitores que estiverem com nome no caderno de votação da seção eleitoral poderão votar.

O eleitor deve apresentar documento oficial com foto e o título de eleitor. No caso de não comparecimento, deve justificar a ausência. Para isso é preciso preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que pode ser obtido gratuitamente nos cartórios eleitorais, nos postos de atendimento ao eleitor, nas páginas da internet do Tribunal Superior Eleitoral e dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de cada estado e, no dia do pleito, nos locais de votação ou de justificativa. O formulário preenchido deve ser entregue nos locais destinados pelo eleitor, que precisará apresentar um documento oficial de identificação com foto.

Karine Melo - ABr

Leia mais...

TRE muda local de 57 seções eleitorais em Petrópolis


Os eleitores de Petrópolis inscritos nas zonas eleitorais 29ª, 65ª, 85ª e 227ª devem verificar se a seção onde votam mudou de endereço. No total, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) anunciou que 57 seções eleitorais vão funcionar em novos locais de votação no dias cinco (primeiro turno) e 26 de outubro, em caso de segundo turno.

As seções 50, 51 e 138 da 29ª ZE, por exemplo, que ficavam na Caixa Econômica Federal da Rua do Imperador, 149, foram transferidas para o colégio Pedro II, no número 400 da mesma rua. Já os eleitores das seções 184, 205, 221 e 229 da 85ª ZE vão votar agora na Igreja Santa Rita, na Rua Duarte da Silveira.

Veja a lista completa com as alterações e os endereços dos novos locais de votação divulgada pelo TRE.

Via Diário
Leia mais...

sábado, 27 de setembro de 2014

SABRÁ OUVE REIVINDICAÇÕES DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO EM PETRÓPOLIS


Candidato tem conversado com os dois setores e pretende desenvolver projetos para geração de empregos

Na reta final da corrida eleitoral, o candidato a deputado federal pelo PDT, Nelson Sabrá tem visitado diversas indústrias e comércios de Petrópolis. A agenda do candidato tem cumprindo um dos objetivos traçados em seus projetos : a geração de empregos e desenvolvimento econômico.

Durante a semana, além das caminhadas pelo Centro Histórico e a realização de comícios domiciliares, o candidato visitou algumas indústrias na região do Bingen, onde conversou com empresários e funcionários.

Para Sabrá, a geração de emprego e renda e o incentivo à atração de empresas devem ser implementadas nos municípios com a criação de emendas e projetos de lei. “A reforma tributária é o carro chefe para essa mudança. Precisamos incentivar a geração de emprego e renda através do reinvestimento nos negócios locais, transferindo renda e diminuindo juros”, explicou Sabrá.

O candidato também tem visitado os comércio de Petrópolis, e ouvido empresários e funcionários, que tem prestado apoio à candidatura de Sabrá. É o caso do comerciante Eli Gonçalves. “Voto no Nelson porque Petrópolis tem que escolher alguém da terra, que vá realmente defender a nossa cidade”, afirmou Eli.

A campanha de Sabrá tem abrangido todos os segmentos da sociedade e ganhado força nas Regiões Serrana e Lagos, e o balanço é o mais positivo possível. “Estamos com quase vinte equipes em bairros de Petrópolis, além de grandes caminhadas no Centro. Estamos recebendo apoio espontâneo das pessoas, e temos certeza que a vitória é nossa”, explicou Jamil Sabrá, coordenador da campanha.

Na semana que vem, última semana de campanha, Sabrá vai continuar as caminhadas em Petrópolis, Areal e São José do Vale do Rio Preto, além de cidades da Região dos Lagos.  

Via ASCOM
Leia mais...

Bancários entram em greve a partir de terça-feira


Os bancários de Petrópolis aprovaram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira, dia 30. A decisão de parar as atividades nas agências da cidade foi tomada por unanimidade em assembleia realizada nesta quinta-feira (25/09).

Segundo Alexandre Eiras, diretor de Finanças do Sindicato dos Bancários de Petrópolis, os trabalhadores rejeitaram proposta dos bancos de 7%. A categoria reivindica 12,5% de aumento, além de melhorar a distribuição de lucros dos bancos e o fim das metas abusivas.
- Na nossa pauta de reivindicação também está o pedido do fim do assédio moral – explicou Alexandre. 

Ainda de acordo com o diretor de Finanças, os banqueiros convidaram os bancários para uma reunião hoje em São Paulo. Porém uma nova assembleia está marcada para segunda-feira, para ratificar o movimento que pretende paralisar as agências dos bancos por tempo indeterminado.

- Os bancos nos chamaram para um encontro amanhã (hoje). Só queremos igualdade de oportunidades – explicou Alexandre.  

A presidente em exercício do Sindicato dos Bancários do Rio, Adriana Nalesso vai mais longe. 

- Não estamos rejeitando apenas o reajuste. Há muitas cláusulas sociais que não foram atendidas pelos bancos. Entre elas, o combate às metas abusivas e ao assédio moral, que provocam doenças na categoria – explicou
.
A representante informou ainda que o fim da desigualdade de gênero, que faz a mulher ganhar cerca de 40% menos do que os homens, também faz parte das reivindicações. 

- Todas são medidas importantes que não estão sendo acolhidas pela Febraban – argumenta a presidenta do sindicato do Rio.

Petrópolis conta atualmente com 650 bancários distribuídos em 33 agências de seis instituições financeiras: Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Itaú-Unibanco, Caixa Econômica Federal e HSBC.

Via Diário
Edson Cunha
Leia mais...

Aplicativo ajuda a identificar doadores de órgãos em rede social

Usuários do Facebook que optam por doar órgãos poderão adicionar à foto do perfil um laço verde, símbolo mundial da doação de órgãos.

Para marcar o Dia Nacional de Doação de Órgãos, celebrado no próximo sábado (27), o Ministério da Saúde lançou nesta quarta-feira (24) a campanha “Seja doador de órgãos e avise sua família. Sua família é a sua voz”. O objetivo é sensibilizar as pessoas sobre a importância do diálogo sobre a decisão de ser um doador de órgãos. Quem autoriza o procedimento quando a situação do paciente é irreversível é a família, por isso o conhecimento e aprovação são fundamentais.

Para reforçar a campanha, o Ministério da Saúde desenvolveu um aplicativo que fará interface com o Facebook e irá notificar os familiares, automaticamente, no momento em que o cidadão se declara doador. Além disso, o internauta também poderá adicionar o símbolo mundial da doação, o laço verde, à foto do perfil. 

Os interessado em declarar a decisão na maior rede social do mundo devem acessar a fanpage do Ministério da Saúde e seguir os passos indicados na página. 

Com os dados, o SNT (Sistema Nacional de Transplante) criará um banco de dados informal com base nas informações coletadas. É importante salientar que a doação só acontece com a autorização familiar.  

DOADOR - Pode ser doador qualquer pessoa que concorde com a doação, desde que não prejudique a sua saúde. O doador vivo pode doar um dos rins, parte do fígado e da medula óssea ou do pulmão. De acordo com a legislação, parentes até o quarto grau podem ser doadores. Não parentes, somente com autorização judicial. Nos casos dos falecidos, é preciso a constatação de morte encefálica, geralmente vítimas de dano cerebral irreversível, como traumatismo craniano ou acidente vascular cerebral (AVC).

Com informações do Ministério da Saúde

Thays Puzzi
Agência CNT de Notícias

Leia mais...

Estado instala centro de captação de transplantes em Petrópolis

 

Petrópolis será sede do primeiro centro de Organização de Procura de Órgãos (OPO) da região, ligada ao Hospital Santa Teresa (HST). Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Saúde, a unidade deve ser instalada em outubro. Conforme informaram, aproximadamente quatro milhões de habitantes serão beneficiados pelo núcleo local que, além de toda a Região Serrana, engloba ainda a Ilha do Governador e os municípios de Duque de Caxias e São Gonçalo.

As OPOs foram criadas com o intuito de descentralizar e aperfeiçoar o processo de doação de órgãos e tecidos, consolidando o trabalho do Programa Estadual de Transplantes (PET). Elas atuam em conjunto com as equipes já existentes do PET, como o grupo de Terapia Intensiva e a Coordenação Familiar, por exemplo, responsáveis pelo suporte clínico aos potenciais doadores e às famílias, respectivamente. Contudo, as notificações de órgãos continuarão a ser feitas ao PET através do Disque Transplantes.

- São polos para otimizar o processo. A eles cabe a abordagem às famílias e mobilizar as equipes. Normalmente a captação é feita por uma equipe especializada do governo do estado no próprio hospital onde ocorreu o óbito. – explicou a assessoria.

Fila de espera diminuiu 70% em seis anos

Desde a criação do PET, em 2010, do Rio de Janeiro saiu da lanterna do ranking nacional e hoje é o segundo estado em números absolutos de doações de órgãos. De janeiro a setembro de 2014 foram feitas 195 captações e 1.025 transplantes de órgãos e tecidos no Rio de Janeiro. O número é três vezes maior que o alcançado em todo o ano de 2008 e deixa o estado à frente de países como Suécia, Alemanha e Dinamarca.

Paralelamente, a Secretaria de Estado de Saúde estabeleceu parcerias para a criação de dois bancos de olhos e inaugurou o Centro Estadual de Transplantes e o Hospital Estadual da Criança, responsável por realizar procedimentos infantis. Bem como habilitou o Hospital de Traumatologia e Ortopedia Dona Lindu para transplantes de tecido músculo esquelético.
Transplantes de órgãos aumentam 50% e, de tecidos, 300% - O novo cenário permitiu que o estado elevasse em 50% o número de transplantes de órgãos e 300% os de tecidos. Com isso, a fila de pessoas aguardando por um órgão caiu cerca de 70% nos últimos seis anos, recuando de 7.580 para 2.369. Sendo que a de transplante de fígado foi a que mais reduziu nesse período, com queda de 73%. Em seguida, as filas que mais caíram foram por rim (70%) e córnea (65%).


Via Diário
Gabriela Haubrich
Leia mais...

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

VOZ DA MOSELA RECEBE HOMENAGEM NA CÂMARA


O Voz da Mosela e seus respectivos responsáveis, Marco Antônio Garcia e Demétrio do Carmo, receberam na noite da última quarta-feira, 24/09, uma moção congratulatória das mãos do vereador Luizinho Sorriso (PROS). A homenagem ocorrreu na Câmara Municipal.
Para o fundador do Voz da Mosela, Marco Antônio Garcia, o prêmio é um incentivo a mais para dar continuidade ao trabalho. "Este reconhecimento vindo da Câmara de Vereadores nos deixa felizes e cientes de que o trabalho está sendo bem feito. Queremos agradecer não só ao vereador Luizinho Sorriso, pela gentileza, mas a todos que fazem parte desse trabalho: nossos colaboradores e anunciantes que são, antes de tudo, parceiros e amigos", ressaltou.

Para Demétrio do Carmo, editor e diretor de conteúdo do Voz da Mosela, o prêmio é importante porque mostra que é possível fazer um jornal de bairro com bom conteúdo, qualidade e responsabilidade, praticando o bom jornalismo. "Ao formatarmos o Voz da Mosela, recusamos a proposta de ser apenas um tabloide ou informativo de bairro. Queríamos um veículo que tivesse a importância e grandeza da Mosela, que é um dos principais bairros de Petrópolis. Um jornal que trouxesse informações e serviços, fortalecendo cada vez mais o bairro, que chamasse o leitor à reflexão, através de artigos escritos por pessoas gabaritadas e que trouxesse notícias relevantes sobre o que ocorre em toda a cidade. Enfim, um jornal completo, que o 'moselense' pode se orgulhar", disse.

Segundo Demétrio, os jornais de bairro são importantes porque democratizam a informação, chegam muitas vezes onde a grande mídia não consegue ou não tem interesse em chegar. Além disso, é um canal de comunicação da comunidade com o poder público, além de ajudar a fortalecer o comércio local. "Seria muito interessante que mais bairros tivessem seus jornais", finalizou.
Leia mais...

BOMTEMPO DEIXA PETRÓPOLIS EM CRISE PARA FAZER CAMPANHA PARA MARINA SILVA


O prefeito de Petrópolis Dr. Rubens Bomtempo embarcou de vez na campanha da candidata do PSB a presidência Marina Silva, ontem o nosso digníssimo chefe do executivo estava na Baixada ao lado da líder do seu partido. Nos bastidores os comentários levam Bomtempo para Brasília em caso de vitória, ou seja, nosso prefeito pode ser ministro.

Já pensou se for da saúde? Enquanto isso centenas de funcionários da indústria têxtil saíram às ruas ontem para protestar e lutar contra a falência do setor, infelizmente não deve adiantar muito já que 12 dos 15 vereadores estão ‘abraçados’ com governo e a imprensa nem preciso comentar para não enjoar logo pela manhã. 

Crise na saúde, greve na educação, escândalos não apurados e que Deus abençoe Petrópolis.

Leia mais...

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Três casos de H1N1, mas PMP diz que situação está controlada



Três casos de H1N1, sendo dois com óbito, foram confirmados pela prefeitura. Outros três ainda estão sob investigação. As vítimas, uma adolescente de 13 anos que estava grávida e uma mulher de 48 anos, que seria portadora de doença crônica, estavam classificadas no grupo de risco. Um homem, que não teve a identidade revelada, continua internado no Hospital Alcides Carneiro (HAC). Em nota, a Secretaria de Saúde se solidariza com as famílias dos pacientes, entretanto, afirma que não há motivos para pânico, principalmente porque o inverno, quando as doenças virais são mais comuns, está acabando.

Segundo a assessoria da Secretaria, é preciso ficar atento para identificar os sintomas da gripe causada pelo vírus H1N1 de uma gripe comum. A diferença está no aparecimento de dificuldade respiratória, como falta de ar e cansaço agudo. Contudo, o risco de morte é o mesmo de outras doenças.

- O H1N1 não é diferente de outra gripe. Ela pode se tornar mais grave e fatal principalmente para quem estiver no grupo de risco, que são as mulheres grávidas ou com bebê recém-nascido, crianças com menos de dois anos, idosos com mais de 70 anos e portadores de doenças crônicas, porque a imunidade é mais baixa. – informaram.

Outro ponto importante apontado por eles é a atenção à prevenção, que vale para todos os tipos de gripe: lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar; ao tossir e espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável; não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal; pessoas com qualquer gripe devem evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas; não usar medicamentos sem orientação médica - a automedicação pode ser prejudicial à saúde; procure o seu médico ou a unidade de saúde mais próxima em caso de gripe (principalmente se os sintomas comuns forem associados a dificuldades respiratórias) para diagnóstico e tratamento adequados.

Prefeitura faz balanço da gripe

De acordo com a Secretaria de Saúde, 33 casos suspeitos foram notificados à Coordenadoria de
Epidemiologia em 2013. Destes, 30 foram descartados e apenas três confirmados. Neste ano, até o mês de agosto, oito casos suspeitos foram notificados. Todos os resultados deram negativo em relação à H1N1. Em setembro, até esta terça-feira (23) foram nove notificações, sendo três casos confirmados após a realização de exames, e três aguardam resultado laboratorial.

Um dos pacientes com diagnóstico confirmado está internado no Hospital Alcides Carneiro, recebendo todos os cuidados necessários, e passa bem. Os outros três pacientes com suspeita de H1N1, também internados no HAC e, apesar de ainda não terem o resultado dos exames, já estão sendo medicados previamente.

A Coordenadoria de Epidemiologia lembra que a gripe é uma virose causada por vários agentes etiológicos (vírus), caracterizada por sintomas comuns como febre, coriza, tosse e mal estar, entre outros. Normalmente, os sintomas desaparecem em até seis dias. Em alguns casos, há complicações, com o paciente apresentando falta de ar e pressão baixa, além de piora do estado geral. Essas complicações, identificadas como Síndrome Respiratória Aguda Grave, têm indicação de monitoramento permanente e são de notificação compulsória.

Quem tiver interesse em se vacinar pode procurar o Centro de Epidemiologia atrás do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE). A imunização começa a surtir efeito 10 dias após a aplicação, mas ela não impede a gripe, e sim inibe o seu agravamento.

Via Diário
Leia mais...